A tenista belga Yanina Wickmayer, atual número 50 do ranking da WTA, derrotou nesta quarta-feira a ucraniana Kateryna Bondarenko por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/4, em 1 hora e 41 minutos de partida, e avançou às semifinais do US Open.

Em um jogo com oito quebras de saque, Wickmayer demonstrou muita determinação para assegurar pela primeira vez na carreira uma vaga em semifinal de Grand Slam. No segundo set, a belga chegou a estar perdendo por 4 a 1, mas Bondarenko permitiu a reação da rival, que venceu cinco games seguidos.

Nas semifinais do US Open, Wickmayer, de apenas 19 anos, terá pela frente a vencedora do confronto entre a dinamarquesa Caroline Wozniacki e a norte-americana Melanie Oudin, que já eliminou quatro tenistas russas, incluindo a número 4 do ranking da WTA, Elena Dementieva, e a ex-número 1 do mundo Maria Sharapova.