O Bayer Leverkusen retomou mais uma vez a liderança do Campeonato Alemão neste domingo, ao empatar com o Werder Bremen por 2 a 2, fora de casa, no encerramento da 23.ª rodada.

Como aconteceu nas rodadas anteriores, o time de Leverkusen havia perdido provisoriamente a ponta no sábado, quando o Bayern de Munique empatou com o Nuremberg. No entanto, agora os dois times somam os mesmos 49 pontos. O Leverkusen leva vantagem apenas no saldo de gols, primeiro critério de desempate.

Mesmo jogando fora de casa, o Leverkusen saiu na frente, em cobrança de falta de Derdiyok. Aos 29 minutos, ele mandou a bola por cima da barreira e não deu chances para o goleiro Wiese.

A vantagem, contudo, só durou cinco minutos. O Werder empatou em nova cobrança de falta. O brasileiro Naldo bateu de longe, o goleiro Adler falhou feio e viu a bola passar entre suas pernas, antes do peruano Pizarro completar para o fundo do gol.

No segundo tempo, o Leverkusen, do brasileiro Renato Augusto, passou à frente novamente, aos 12 minutos. Kroos bateu de fora da área e marcou o segundo dos visitantes. Mas o Werder não jogou a toalha e arrancou novo empate aos 46. Mertesacker escorou de cabeça e definiu o placar.

Também neste domingo, o Wolfsburg bateu o Schalke por 2 a 1, de virada, diante de sua torcida. O atual campeão contou com dois gols do brasileiro Grafite. Kuranyi, outro brasileiro, naturalizado alemão, anotou o gol dos visitantes. Apesar do revés, o Schalke continua na terceira colocação, com 45 pontos, quatro a menos que os líderes. Já o Wolfsburg é o 11.º, com 28 pontos.

Completando a rodada, o lanterna Hertha Berlin faturou sua terceira vitória na competição. Aplicou 3 a 0 no Freiburg, com dois gols de Cícero, ex-Fluminense, e um de Ramos. O Hertha segue na última colocação, agora com 15 pontos.