A bielo-russa Victoria Azarenka e a norte-americana Serena Williams precisam de apenas mais uma vitória para se enfrentarem nas semifinais do Aberto da Austrália, primeiro Grand Slam da temporada, disputado em quadras rápidas. Nesta segunda-feira, elas passaram às quartas de final com triunfos em partidas em que perderam apenas dois games cada.

Número 3 do mundo, Serena derrotou a russa Maria Kirilenko, 15ª colocada no ranking da WTA, por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/0, em 57 minutos. Esta foi a sexta vitória da norte-americana em seis confrontos com a russa. Assim, ela permanece na luta pelo seu sexto título do Aberto da Austrália e a terceira conquista consecutiva de um torneio do Grand Slam – é a atual campeã de Wimbledon e do US Open.

Serena não teve qualquer trabalho para vencer Kirilenko. A norte-americana conseguiu quebras de serviço no quarto e oitavo games do primeiro set para vencê-lo por 6/2. A número 3 do mundo manteve o ritmo forte na segunda parcial e não permitiu que a adversária vencesse sequer um game, aplicando um “pneu” para avançar em Melbourne.

Embalada, Serena ampliou a sua invencibilidade para 20 jogos. Essa sequência positiva lhe rendeu os títulos do US Open e do Masters da WTA, em 2012, e do Torneio de Brisbane neste ano, na preparação para o Aberto da Austrália.

Nas quartas de final, Serena vai enfrentar a norte-americana Sloane Stephens, número 25 do mundo. A tenista de 19 anos alcançou pela primeira vez esta etapa de um torneio do Grand Slam ao vencer a sérvia Bojana Jovanoviski, 56ª colocada no ranking da WTA, por 2 sets a 1, com parciais de 6/1, 3/6 e 7/5. As norte-americanas se enfrentaram neste ano em Brisbane e Serena venceu.

Também nesta segunda, Azarenka, número 1 do mundo, avançou no Aberto da Austrália ao vencer com facilidade a russa Elena Vesnina, 47ª colocada no ranking da WTA, por 2 sets a 0, com um duplo 6/1, em 57 minutos. Assim, se manteve firme na defesa do seu título em Melbourne.

Vesnina venceu o primeiro game da partida, mas perdeu os seis seguintes e foi batida por 6/1. A situação se repetiu no segundo set, quando a russa conseguiu uma quebra de serviço logo no game inicial. Azarenka, porém, logo se recuperou e aplicou outro 6/1 para avançar às quartas de final do Aberto da Austrália.

Na luta por uma vaga nas semifinais, Azarenka vai enfrentar a russa Svetlana Kuznetsova, que já foi a segunda colocada no ranking da WTA. A bielo-russa está em desvantagem de 4 a 3 no confronto direto, mas venceu as últimas duas partidas.

Nesta segunda, a número 75 do mundo derrotou a dinamarquesa Caroline Wozniacki, ex-número 1 do mundo e atual 10ª colocada, por 2 sets a 1, com parciais de 6/2, 2/6 e 7/5, em 2 horas e 28 minutos.

Kuznetsova dominou o primeiro set, enquanto Wozniacki foi superior na segunda parcial. O terceiro set foi o mais equilibrado da partida, com cada tenista conseguindo uma quebra de serviço no começo. Depois, no 11º game, a russa converteu mais um break-point e sacou para fechar a partida e avançar pela primeira vez desde a edição de 2011 de Roland Garros para as quartas de final de um torneio do Grand Slam.