O Avaí consolidou, nesta quinta-feira, a recuperação no Campeonato Brasileiro ao conquistar a sua quinta vitória seguida – a maior sequência de triunfos do campeonato. O time catarinense goleou o Vitória, por 4 a 0, na Ressacada, em Florianópolis.

Agora, com 22 pontos, o Avaí fechou a 15ª rodada na oitava posição na tabela e volta a jogar no domingo, diante do Corinthians, em São Paulo. O Vitória, quinto colocado com 24 pontos, pega o São Paulo, também no domingo, em Salvador.

Nesta quinta, o Avaí começou surpreendendo o Vitória. Logo aos sete minutos, o atacante William foi derrubado na área pelo zagueiro Victor Ramos. A cobrança de pênalti foi efetuada duas vezes. Na primeira, o goleiro Viáfara se adiantou e fez a defesa. E na segunda, Marquinhos trocou o canto para colocar o Avaí em vantagem no placar.

O ritmo dos donos da casa não diminuiu e num contra-ataque o centroavante William fez uma bela assistência para Luiz Ricardo. O lateral invadiu a área, esperou a saída do goleiro, escolheu o canto e marcou o segundo.

Sem deixar o Vitória respirar, tocando bem a bola e virando o jogo de um lado para outro, o time catarinense se manteve ameaçador. O Vitória resumiu suas poucas chances no período com algumas tentativas de gol através de jogadas de bola parada.

Mantendo a pegada e envolvendo o adversário, o Avaí deixou de fazer o terceiro aos dois minutos do segundo tempo com uma bela defesa de Viáfara na finalização de Muriqui. O Vitória respondeu logo em seguida com uma bola na trave numa tentativa de finalização por cobertura do atacante Roger. Aos 23, Muriqui foi derrubado na área. Ele mesmo, na cobrança de pênalti fez o terceiro.

Com a vitória consolidada, o Avaí passou a segurar o jogo, poupando-se para o desafio com o Corinthians. Não o suficiente para que no finalzinho, aos 43, o meia Caio sacramentasse a goleada numa arrancada até a área. Ele esperou a saída do goleiro e tocou no canto.

Ficha Técnica:

Avaí 4 x 0 Vitória

Avaí – Eduardo Martini; Rafael, Augusto e Emerson; Luís Ricardo, Ferdinando, Léo Gago, Marquinhos (Odair), Eltinho e Muriqui (Caio); William (Roberto). Técnico: Silas.

Vitória – Viáfara; Victor Ramos, Uelliton e Anderson Martins; Apodi (Jackson); Vanderson (Ramon), Magal, Leandro Domingues e Leandro; Adriano (Carlos Alberto) e Roger. Técnico: Paulo César Carpegiani.

Gols – Marquinhos Santos (pênalti), aos 8, e Luiz Ricardo, aos 16 minutos do primeiro tempo. Muriqui (pênalti), aos 23, e Caio, aos 44 minutos do segundo tempo.

Árbitro – Sandro Meira Ricci (DF).

Cartões amarelos – Muriqui, Ferdinando (Avaí); Leandro Domingues, Roger (Vitória).

Cartões vermelhos – Léo Gago (Avaí); Uelliton, Victor Ramos (Vitória).

Renda – Não disponível.

Público – 12.546 torcedores.

Local – Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC).