O técnico Paulo Autuori celebrou a estreia vitoriosa do Atlético Mineiro na Libertadores e avaliou que o time foi tranquilo e experiente para garantir o triunfo por 1 a 0 sobre o Zamora, na Venezuela, pelo Grupo 4. O único gol da partida de terça-feira foi marcado aos 42 minutos do segundo tempo pelo atacante Jô.

“Era importante começar com uma vitória na Libertadores. O sacrifício de todos foi importante. A equipe teve paciência e a experiência dos jogadores fez com que pudéssemos chegar ao gol no fim do jogo”, analisou o treinador. “Tenho que parabenizar os jogadores pelo espírito aguerrido que tiveram”, completou Autuori.

A partida com o Zamora foi a primeira de Ronaldinho Gaúcho pelo Atlético-MG em 2014. O meia celebrou o triunfo, prometeu que o time vai evoluir e pediu o apoio do torcedor para ajudar a equipe na luta pelo bicampeonato da Libertadores.

“Foi tudo ótimo, poder voltar a jogar e estrear com vitória. Foi só o primeiro jogo e, agora, é pegar uma sequência boa para voltar a ter boas atuações. O torcedor tem que acreditar. Com o apoio da torcida, nossa equipe se torna muito forte. Então, tem que estar todo mundo junto. Nós acreditamos e tenho certeza que o torcedor também”, disse.

O resultado deixou o Atlético-MG com três pontos, na vice-liderança do Grupo 4, pois no outro jogo da chave, o Independiente Santa Fé bateu o Nacional, do Paraguai, por 3 a 1 e possui saldo de gols superior. E os times do Brasil e da Colômbia vão se enfrentar no dia 26 de fevereiro, em Belo Horizonte.

Agora, porém, o Atlético volta as suas atenções para o Campeonato Mineiro, pois vai duelar no próximo domingo com o Cruzeiro, no Independência, em partida válida pela quinta rodada.