O brasileiro Augusto Dutra conquistou neste sábado a medalha de prata na terceira etapa da Diamond League, circuito que reúne a elite do atletismo mundial. Em Eugene, nos Estados Unidos, ele atingiu 5,63 metros na prova do salto com vara, sendo superado apenas pelo francês Renaud Lavillenie, atual recordista mundial (com 6,16 metros), que ganhou a disputa com 5,80 metros.

Foi a abertura da temporada ao ar livre de Augusto Dutra. Em Eugene, ele precisou de três tentativas para ultrapassar o sarrafo a 5,43 metros. Depois, passou de primeira nos 5,53 metros e nos 5,63 metros. Aí, porém, não conseguiu superar 5,73 metros, ficando longe da disputa do ouro com o francês.

Outro brasileiro participou da prova do salto com vara em Eugene. Gripado, Thiago Braz não teve a performance esperada e terminou apenas em sétimo lugar, com 5,43 metros – mesmo assim, fez sua melhor marca no ano (até então, tinha atingido 5,40 metros durante a temporada indoor do atletismo).

“Os dois poderiam ter ido melhor”, comentou o técnico da dupla de saltadores brasileiros, Elson Miranda. “O Augusto passou correndo nas duas últimas tentativas e nem saltou. Eu sei que foi a primeira competição dos dois, mas esperava que pudessem saltar 5,70m, 5,80m”, completou.

Nas outras provas do dia em Eugene, terceira das 14 etapas da Diamond League na temporada, o destaque foi para o velocista norte-americano Justin Gatlin, que venceu os 100 metros com o tempo de 9s76. Assim, ele comprovou a boa fase que vive atualmente, fazendo a melhor marca do ano.