No último jogo da chave de simples do Brasil Open realizado nesta quarta-feira, Pablo Cuevas justificou a sua condição de atual tricampeão do ATP 250 realizado em quadras de saibro em São Paulo. Terceiro cabeça de chave do evento paulistano, o tenista uruguaio venceu o austríaco Sebastian Ofner por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 7/6 (7/4), no ginásio do Ibirapuera.

Por ser um dos quatro principais favoritos, o uruguaio estreou direto na segunda rodada e assim garantiu classificação às quartas de final. O seu próximo adversário será o argentino Leonardo Mayer, que horas mais cedo derrotou o seu compatriota Carlos Berlocq por 7/5 e 6/4.

Atual 31º colocado do ranking mundial, Cuevas foi campeão do Brasil Open pela primeira vez em 2015, também atuando no Ibirapuera, e depois faturou as edições do torneio que foram realizadas no Esporte Clube Pinheiros em 2016 e 2017.

Outro favorito que venceu na rodada noturna desta quarta-feira no Brasil Open foi o italiano Fabio Fognini. Segundo cabeça de chave, ele superou o português João Domingues por 2 sets a 0, com 7/5 e 6/1, também em seu jogo de estreia.

Com isso, o hoje 20º tenista do ranking da ATP foi às quartas de final e avançou para encarar o espanhol Guillermo Garcia-López, que horas mais cedo eliminou o argentino Federico Delbonis com parciais de 7/6 (7/3), 4/6 e 6/4.