A temporada 2013 mal começou e resultados importantes já começam a surgir. Depois dos índices alcançados por Fabiana Murer, Augusto Dutra e Fábio Gomes da Silva no salto com vara para o Mundial Adulto da Rússia, em agosto, outros atletas já asseguraram marcas mínimas exigidas pela CBAt para eventos como o Mundial de Menores da Ucrânia, em julho, e Pan-Americano de Juvenis do Peru, em agosto.

No Torneio Paranaense Caixa de Atletismo, realizado sábado, no Estádio Willie Davids, em Maringá, Weverton Fidelis, de 16 anos, voltou a brilhar. Depois de ganhar a medalha de ouro nos 3.000 m no Festival Olímpico da Juventude, em Sydney, na Austrália, em janeiro, e de conquistar os títulos brasileiro e sul-americano de cross country até 17 anos, em fevereiro, o atleta da Fundação Esportes de Campo Mourão (Fecam) obteve índice para o Mundial de Menores nos 1.500 m, com o tempo de 3:54.31 (o índice é 3:55.00).

“O Fidelis é um atleta muito especial. Ele vai tentar ainda o índice para o Mundial nos 2.000 m com obstáculos em Campinas (5:55.94)”, lembrou o técnico Paulo Cesar da Costa.

O irmão de Weverton, Bruno Fidelis, também se destacou em Maringá. Ele obteve o índice nos 10.000 m marcha para o Campeonato Pan-Americano de Juvenis ao completar a prova em 42:58.33. Bruno tem 18 anos e também defende a Fecam.

Outros dois atletas também se destacaram. Wellerson Falcão Vivi, de 17 anos, correu os 1.500 m em 3:43.80, índice para o Mundial da Ucrânia, enquanto Higor Silva Alves, de 19, obteve 7,53 m, no salto em distância, qualificado para o PAN do Peru.