Na semana cheia que o técnico Paulo Autuori tem para trabalhar visando o primeiro duelo da final do Campeonato Paranaense contra o Coritiba, domingo (1), às 16h, na Arena da Baixada, manter o foco e a concentração máxima no adversário é a palavra de ordem no CT do Caju. O comandante rubro-negro, que sempre dá uma atenção especial à força mental dos seus jogadores, quer também que o time atleticano controle o lado emocional para conseguir abrir vantagem na finalíssima do Estadual.

“Vamos controlar o emocional, quero eles focados em jogar futebol. Se ganha quando você está mais focado que o adversário e fazer aquilo que tem que ser feito, ser melhor que o rival durante os 90 minutos. Essa ansiedade tem que ser segura não apenas na vontade. Claro, ela também é importante, mas não mais que a qualidade de jogo”, apontou o treinador atleticano.

O goleiro Weverton, herói rubro-negro na classificação para a final, quando defendeu uma cobrança de pênalti na disputa com o Paraná Clube na Vila Capanema, ressaltou a importância de começar com o pé direito a final do Estadual, mas quer o time atleticano com tranquilidade para encarar o Coxa.

“Temos que ter tranquilidade agora, descansar e pensar só no Coritiba. É clássico, é algo que vai parar a cidade, vai mexer com o sentimento de todo torcedor. Temos que estar bem preparados, e domingo esperamos começar com o pé direito essa final”, declarou o camisa 12 rubro-negro após o jogo contra o Paraná.

O time atleticano, depois da terça-feira (26) de folga, voltou a trabalhar na fria manhã desta quarta-feira (27), no CT do Caju. O técnico Paulo Autuori iniciou a preparação do time atleticano para o primeiro confronto da final do Estadual contra o Coxa, na Arena da Baixada. O volante Otávio, o meia Vinicius e o atacante André Lima são desfalques certos para encarar o rival.