Com cinco contratações confirmadas e com a base mantida da última temporada, o Atlético está pronto para iniciar a caminhada nas disputas do Campeonato Paranaense, da Libertadores da América, da Copa do Brasil e do Campeonato Brasileiro. Apesar de ter um time bastante competitivo, o clube segue atento ao mercado e, segundo o presidente Luiz Sallim Emed, mais reforços poderão desembarcar na Arena da Baixada.

“O Atlético tem a política de sempre estar monitorando as oportunidades e, se surgirem, sem dúvidas nós vamos atrás e buscar. Isso é muito dinâmico e essa é uma política também. Você vê que muitos atletas foram contratados e já estavam definidos em dezembro. É o trabalho feito durante o ano todo. Se surgir, o Atlético tem que fazer isso. São vários campeonatos e a agenda é bastante grande que temos”, apontou o cartola.

Com o melhor sistema defensivo da última edição do Campeonato Brasileiro, com 32 gols sofridos em 38 rodadas, o Furacão recebeu quatro dos cinco reforços para o setor ofensivo que, de fato, foi o ponto deficitário em 2016. Foram contratados dois jogadores para o setor de criação, o experiente Carlos Alberto e Felipe Gedoz, e outros dois para o ataque, Grafite e Luis Henrique, que, no ano passado, defenderam as cores de Santa Cruz e Botafogo, respectivamente. Para a defesa, o único jogador contratado foi o lateral-direito Jonathan, que estava no Fluminense.

Com a saída do volante Hernani, o setor de contenção atleticano ainda não recebeu reforços para essa posição. O clube, conforme o próprio presidente afirmou, segue atento ao mercado, mas a base do time rubro-negro para a largada na temporada de 2017 está pronta.