O Atlético praticamente dá adeus à possibilidade de uma vaga na Libertadores do ano que vem. A derrota neste domingo (26) para o Avaí por 1×0, na Ressacada, deixa o Furacão praticamente a um milagre de conseguir o objetivo. Com o resultado, o Rubro-Negro parou nos 48 pontos, não chega mais ao G7 e terá que contar com os títulos de Grêmio e Flamengo, na Libertadores e na Sul-Americana, respectivamente, para acreditar no G9. Só que o time está a três pontos do 9º colocado.

Confira como foi o jogo no Tempo Real da Tribuna!

Desesperado pela vitória, o Avaí começou pressionando a saída de bola do Atlético e marcando forte. E por pouco não abriu o placar com menos de 5 minutos de bola rolando. Maurinho recebeu na entrada da área e bateu firme, rasteiro. Weverton se esticou e conseguiu colocar para fora.

O Furacão procurava tocar a bola e sair só na boa, mas perdeu Lucho González machucado aos 12 minutos. E pouco depois viu Pedro Castro fazer uma bela jogada pela direita e tocar para trás. Maicon, ex-seleção brasileira, de dentro da área, pegou de primeira e abriu o placar para o Avaí.

Em seguida, Eduardo Henrique, que entrou no lugar de Lucho, quase empatou. Numa boa jogada, Lucas Fernandes levantou na área e o volante cabeceou para o chão, mas o goleiro Douglas fez uma grande defesa, impedindo o gol.

Na volta do intervalo, o técnico Fabiano Soares colocou Sidcley no lugar de Pavez. Mas o Avaí, que não mudou, continuou com a mesma estratégia, pressionando e criando mais. Os catarinenses reclamaram de um pênalti de Paulo André em Lourenço, mas o árbitro mandou o lance seguir. No ataque seguinte, Alemão trombou com Sidcley dentro da área e o árbitro marcou penalidade para o Atlético.

Confira a classificação completa do Brasileirão

Até ambulância chegou a entrar em campo para atender o zagueiro do Avaí foram quase quatro minutos. Só aí que Fabrício cobrou, mas mandou para fora e perdeu a chance de empatar a partida. O erro atleticano encheu o time catarinense de moral e eles foram para cima. Numa ótima cobrança de escanteio de Marquinho, Alemão cabeceou firme pro chão e Weverton salvou em cima da linha, impedindo o segundo gol do Avaí.

FICHA TÉCNICA

BRASILEIRÃO
2º Turno – 37ª Rodada

Avaí 1×0 Atlético

Avaí
Douglas; Maicon, Alemão, Betão e João Paulo; Judson, Pedro Castro, Maurinho (Leandro Silva) e Marquinhos (Rômulo) e Luanzinho; Lourenço (Simião).
Técnico: Claudinei Oliveira

Atlético
Weverton; Jonathan, Thiago Heleno, Paulo André e Fabrício; Pavez (Sidcley), Lucho González (Eduardo Henrique), Matheus Rossetto, Lucas Fernandes (Felipe Gedoz) e Pablo; Douglas Coutinho.
Técnico: Fabiano Soares

Local: Ressacada (Florianópolis-SC)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Fifa-GO)
Assistentes: Bruno Raphael Pires (Fifa-GO) e Leone Carvalho Rocha (GO)
Gols: Maicon, 15 do 1º tempo
Cartões amarelos: Betão (AVA)
Público e renda: não divulgados