enkontra.com
Fechar busca

Atlético

Atlético Paranaense

Atlético Paranaense

Novidade

Atlético terá parceiro ligado a criptomoeda

Parceria será apresentada nesta sexta-feira (28) na Arena da Baixada; empresa se diz pioneira em uso de bitcoin para transferências de atletas

  • Por Redação

O Atlético apresenta nesta sexta-feira (29) uma nova – e surpreendente – parceria. A partir das 14h, na Arena da Baixada, o presidente do Conselho Deliberativo, Mário Celso Petraglia, será o responsável por anunciar a parceria com a Inoovi LTD, uma empresa de Hong Kong que, segundo seu site, é pioneira no uso de bitcoin (a moeda virtual) para transferências de jogadores.

O mecanismo desta criptomoeda é complexo, principalmente para quem é leigo. Qualquer pessoa pode comprar IVI, o nome da moeda virtual, que pela página da Inoovi custa 1.20 dólar. Com essa moeda, o investidor pode adquirir benefícios nos clubes (“Comprando uma experiência única com equipes, dentro e fora do campo, obtenha acesso ao Lounge VIP durante qualquer partida e faça parte da sessão de treinamento e exercícios e assim por diante”).

Mas o principal destaque oferecido pela Inoovi é a transformação dessa criptomoeda em um ativo do clube. “IVI está aqui para espalhar o mundo com o seu próprio token permitindo que qualquer pessoa receba uma parte desses lucros, todos os dias. Sim todos os dias. Assim que um novo Clube de Esporte contratado pela IVI, adicionado a todos os Clubes de Esportes já assinados, a tecnologia Blockchain permite que a INOOVI conceda a cada um dos Proprietários de Token IVI a sua parte de lucros”, diz o site da empresa.

Na área destinada a clubes e empresários, a nova parceira do Atlético é mais direta: “Você é um fã ou apoiador do esporte? Participe da gestão de clubes esportivos com a compra do nosso Token IVI. Seja ‘acionista’ de todas as transferências e dos rendimentos do esporte profissional e das atividades de transferência dos jogadores de influência, ao se tornar donos dos seus próprios Tokens IVI. Para participar das transições (sic) em progresso, só é possível com a única moeda eletrônica IVI”.

Veja a tabela e a classificação do Campeonato Brasileiro!

É portanto uma “abertura de capital” através da injeção de criptomoedas nos clubes. Uma modalidade nova, mas que é o objetivo da empresa Inoovi no futebol brasileiro. “O principal mercado de atuação da INOOVI é a América do Sul, com o famoso campeonato brasileiro de futebol”, diz o site. No dia 22 de junho, as redes sociais do grupo anunciaram uma parceria com o Corinthians, mas o time paulista não fez divulgação alguma deste acordo.

Protagonismo

A entrevista coletiva desta sexta-feira marca a afirmação de Mário Celso Petraglia como protagonista no Atlético. Durante a semana, ele comandou o noticiário rubro-negro, desde o mistério até a saída do técnico Fernando Diniz, passando pela carta em que critica dirigentes, conselheiros e torcedores por terem “pensamento pequeno” e na qual anunciou a saída do futebol rubro-negro, e terminando com o anúncio da parceria que aproxima o Furacão do plano de clube-empresa que é a obsessão do cartola nos últimos tempos. Para Petraglia, apenas essa transformação pode fazer com que o Atlético dê o “terceiro salto”, o que o aproximaria dos clubes que mais faturam no futebol brasileiro.

Sem título 2Sem título 3

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

30 Comentários em "Atlético terá parceiro ligado a criptomoeda"


Fabiano Duarte
Fabiano Duarte
18 dias 11 horas atrás

Realmente o clube no caminho para se agigantar, e os rivais ignorantes nunca entendem nada, só sabem que o xoxa vai abrir lojim do namur e bancar jogador encostado sugando a pouca verba tipo o kebis radiador

Dan Durden
Dan Durden
18 dias 11 horas atrás

Ihhhhhh… bebeu

Altamir
Altamir
18 dias 11 horas atrás

Fantástico moeda que nāo existe grama de plástico ninguém entende nada nessa baixada kkkk

Solon
Solon
18 dias 13 horas atrás

Isso é mais importante do que a qualidade do jogador? Acho que não.
Do jeito que vai indo em pouco tempo vão transformar meu time num factóide.
Realidade virtual, mundo paralelo,
grande porcaria

El Enrabador de Atleticano
El Enrabador de Atleticano
18 dias 13 horas atrás

Planejamento ERRADO, o correto seria o CLUBINHO fazer parceria com empresa fornecedor de RAÇÃO CANINA, assim teria condições de alimentar a KADELADA, sem depender do corone metralha, que por ser o dono do LIXO do Paraná, vive estocando RAÇÃO CANINA. Esta é mais uma do LIXO/VERGONHA do Paraná. CHUPEM

pedrinho
pedrinho
17 dias 23 horas atrás

Eterno chico…..B…e só

Fabiano Duarte
Fabiano Duarte
18 dias 11 horas atrás

Como sangra a hemorróida dessa paquita enrabada, cheia de ódio pq o CAP está muito a frente dos pobres rivais

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas