enkontra.com
Fechar busca

De Letra

2 a 1

Atlético vence o Paraná Clube na Vila Capanema

Furacão conquistou quarta vitória consecutiva e encostou no G4

  • Por Miguel Pron, Agência Sinal

O clássico entre Paraná Clube e Atlético, disputado na tarde desta sábado (25), na Vila Capanema, foi recheado de grandes lances e confirmou o ótimo momento pelo qual passa o Atlético que, com a vitória por 2 a 1, chegou ao quarto triunfo consecutivo na Série B, ficando apenas a dois pontos do G4.

O início da partida foi marcado pelo domínio do Atlético. Melhor distribuído em campo, o Furacão chegava a todo o momento pela direita com Maranhão, que contava com o reforço de Deivid e Elias.

Já o time paranista, além de não conseguir marcar o avanço dos meias rubro-negros, se postava muito atrás, deixando os seus atacantes isolados. E não demorou muito para a superioridade atleticana se refletir em gol.

Aos 14 minutos, numa saída de bola errada de Arthur, Marcão recebeu lançamento, partiu em direção ao gol e foi derrubado na entrada da grande área. Na cobrança da falta, João Paulo bateu no contrapé de Luís Carlos, que quando tentou voltar já era tarde.

Com o placar aberto, o Atlético passou a ter mais espaços ainda, já que o Paraná Clube, nervoso, partia para o ataque de forma desorganizada. E foi em um contra-ataque que o Atlético chegou ao segundo gol.

Passe de Elias para Pedro Botelho que dominou, entrou na área e bateu cruzado, sem chances para Luís Carlos. Com dois gols de vantagem, o Atlético segurava o ímpeto paranista e buscava sair rápido nos contra-ataques.

E o primeiro tempo já estava no final quando, aos 46 minutos, o Paraná Clube marcou o seu gol. Lançamento de Lúcio Flávio para Paulo Henrique, que dominou, entrou na área e bateu. A bola ainda tocou no goleiro Weverton, antes de entrar mansamente no fundo do gol.

No intervalo do jogo, o técnico atleticano Ricardo Drubscky sacou Elias para a entrada de Paulo Baier, sem alterar a postura de contra-ataque do time. Já o técnico Ricardinho não mexeu na equipe paranista que, em desvantagem no placar, se lançou ao ataque em busca do empate.

E o segundo tempo foi um jogo aberto, já que o Paraná Clube deixava espaços para o Atlético, que desperdiçou algumas chances de liquidar a partida, sobretudo com Marcão, que não estava em uma tarde inspirada.

A entrada de Luisinho, aos 10 minutos, deu um novo fôlego ao Paraná Clube e, pela esquerda, o lateral Wendell Borges começou a crias boas oportunidades, levando vantagem sobre a marcação atleticana.

Com o nervosismo aumentando, surgiram as jogadas mais ríspidas e o árbitro Edivaldo Elias da Silva começou a distribuir cartões. Só no segundo tempo foram sete amarelos e um vermelho, para Paulo Baier, já no final do jogo.

E o Atlético controlou bem o jogo, se mostrando firme na defesa, segurando o ímpeto do Paraná Clube, para sair da Vila Capanema com mais três pontos. É a quarta vitória consecutiva do Furacão na Série B e agora o time está a dois pontos do G4. Já o Paraná Clube amarga seu terceiro jogo sem vitória e se distancia dos líderes da competição.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

69 Comentários em "Atlético vence o Paraná Clube na Vila Capanema"


Rodrigo Almeida
Rodrigo Almeida
6 anos 11 meses atrás

Em 2013 vamos ter o estádio para abrigar a copa do mundo pronto e após a copa o estádio mais bonito do paraná ficará a disposição do Atlético, enquanto isso o esgoto pereira tende a ruir, desabar como queiram. Coxinhas verdes rumo a decadência

LUCAS BETTIN
LUCAS BETTIN
6 anos 11 meses atrás

Este site devia pelo menos “tentar ” ser profissional
24 horas depois dos jogos e a tabela ainda não atualizou …vcs deviam colocar aí ” profissionais do face bock , estes escrevem a toda hora kkkkkk. Incompetentes

LUCAS BETTIN
LUCAS BETTIN
6 anos 11 meses atrás

Eternamente coxa , se não algo de bom pra falar cala a boca . Vai falar da derrota para o lanterna ,..que é onde vcs vão estar logo , logo ,.ponto final no seu discurso de inveja . Sofra calado cara .

Eternamente Coxa
Eternamente Coxa
6 anos 11 meses atrás

Reformar estádio com dinheiro público é vergonhoso, e não me venham com esta história de potencial construtivo para levar a grana do BNDS! Nosso estádio foi construído com recursos do nosso clube não tiramos da boca dos que necessitam! Ponto final!

Martelo Rubronegro
Martelo Rubronegro
6 anos 11 meses atrás

quem falou que é classico? Aquele lixo favelado nunca fará um clássico contra o Atlético. Clubinho medíocre comandado por medíocres. Presidente alemão comandando favelados kkkkkk. Piada pronta.

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas