Foto: Arquivo

Walter Grassmann (de vermelho) vai exigir bastante dos jogadores nesta semana com jogo apenas no sábado.

O calendário dá uma folga e o Atlético ganha quase uma semana inteira para trabalhar o elenco na parte tática, técnica e na melhora do condicionamento físico. Isso ainda não havia acontecido desde a reapresentação do elenco em 3 de janeiro, início da pré-temporada, quando o time treinou pouco para estrear contra o Rio Branco, em Paranaguá (dia 9). Do início do Estadual até agora, o Furacão jogou todo o final e meio de semana, com pouco tempo para treinar, apenas para recuperar os atletas.

Esse período sem jogos foi comemorado pela comissão técnica atleticana, que já idealizou treinamentos específicos. Além disso, o próximo embate ganhou importância histórica pois, diante do Iguaçu, o atual elenco poderá igualar o recorde de vitórias consecutivas do clube num campeonato estadual, que pertence ao famoso time de 1949, que conquistou 11 triunfos consecutivos em 12 jogos e levantou a taça de campeão com três rodadas de antecedência.

Conforme Ney Franco, a programação desta semana será voltada principalmente para o trabalho físico. ?Nossa pré-temporada foi simultânea com os jogos. Então tivemos que treinar o físico juntamente com a parte técnica e tática.

É uma semana que vamos deixar o grupo mais à disposição do preparador (Walter Grassmann)?, relatou.

Evolução

O comandante rubro-negro destacou também que irá aproveitar os cinco dias para elaborar treinamentos com mais qualidade visando uma evolução do grupo. ?Essa semana será para treinar e para que na seqüência dos jogos e da temporada, a equipe possa evoluir um pouco mais.

A expectativa de melhora de rendimento é no decorrer dos jogos?, avaliou.

O zagueiro Danilo endossou as palavras do treinador e contou que o preparador físico atleticano já adiantou que a semana vai ser puxada. ?É bom para aprimorar a parte física, porque no decorrer da competição, o campeonato vai embolando e os jogos são mais equilibrados. E serve pra gente, lá na frente, estar com o gás zerado?, explicou.

Sobre a possibilidade de entrar para a história do Atlético – ao igualar e posteriormente ultrapassar o recorde do Furacão de 49 – Danilo expressou bem o pensamento de todo o grupo. ?É importante deixar o nome marcado na história do clube. O Atlético fica e nós jogadores estamos de passagem. Um dia vamos parar de jogar. Esperamos que lá na frente outros times também consigam alcançar essa marca, assim como estamos lutando para quebrar a de 49?, afirmou.

Mudança – A Federação Paranaense de Futebol anunciou mudanças no jogo entre Atlético e Iguaçu, que será disputado em União da Vitória. A partida foi antecipada de domingo (17) para sábado (16). O horário será às 20h.

Liberado – O volante Valencia foi liberado pelo departamento médico do clube e está apto a voltar aos treinamentos. Ele ficou ausente nas últimas três partidas contra Adap Galo, Paranavaí e Londrina.

Transferência – É especulada uma possível transferência do zagueiro Danilo para o futebol italiano, na abertura da janela de transferências do mercado europeu (metade do ano). O presidente do Conselho Deliberativo, Mário Celso Petraglia, estaria tratando da negociação do atleta, que poderia ser facilitada, pois Danilo é detentor do passaporte comunitário.

Parabéns 1 – Por falar em Petraglia, ontem o presidente atleticano comemorou 63 anos de vida. Ele é considerado o principal responsável pela ?revolução rubro-negra?, que tirou um Atlético que passava por sérias dificuldades em 1995 – figurava na Série B do Brasileiro – e o transformou em um dos grandes clubes do futebol nacional.

Parabéns 2 – No domingo foi comemorado o aniversário de Nilo Biazetto, capitão da equipe de 1949. O ex-jogador completou 86 anos e esteve na Arena durante o jogo contra o Tubarão, tendo seu nome saudado.

Copa do Brasil só no final do mês

Diferente de seus dois rivais da capital, o Atlético não fará sua estréia na Copa do Brasil nesta semana.

O Rubro-Negro tem seu primeiro jogo marcado na competição nacional para as 15h15 do dia 27 de fevereiro, diante do Corinthians de Alagoas. O jogo será disputado no Estádio Nelson Feijó, em Maceió.

Sobre a Copa do Brasil, o técnico Ney Franco já adiantou que só falará sobre o assunto na semana do jogo. ?O foco é o Campeonato Paranaense.

A Copa do Brasil é um título que o clube deseja há muito tempo. No momento que ela iniciar, todas as atenções serão voltadas para ela.

A única certeza que tenho hoje é que nossa equipe já está preparada para o primeiro confronto. Estamos num nível pra começar a competição sem o risco de sermos surpreendidos?, analisou o comandante rubro-negro.

Diante das boas apresentações, o time que fará a estréia na Copa do Brasil deverá ser o mesmo que tem empolgado a torcida no Campeonato Paranaense. Alterações mesmo só por problemas de contusão.