Após dois jogos muito bons longe da torcida, chegou a hora do Atlético voltar a empolgar em sua casa, o Joaquim Américo, a Arena da Baixada. Amanhã à noite, às 21 horas, a equipe enfrenta o Grêmio em uma partida para comprovar a evolução tática na competição.

A má notícia é que o treinador Antônio Lopes não poderá repetir a formação que surpreendeu o Corinthians e empolgou o torcedor.

Manoel e Nei estão suspensos devido ao terceiro cartão amarelo. Seus substitutos ainda são uma incógnita.

Além disso, o zagueiro Rhodolfo (com dores na coxa) e o lateral Márcio Azevedo (lombalgia) foram poupados do treinamento de ontem.

Eles passaram o dia em tratamento no departamento médico. A dupla, no entanto, deve jogar contra o tricolor gaúcho.

Com tantas baixas, o Delegado comandou um treino tático no CT do Caju e montou a equipe de maneira diferente, retornando ao esquema com três zagueiros. O novato Everton juntou-se a Fransérgio e Chico para compor a zaga.

No meio, Alex Sandro substituiu Márcio Azevedo e atuou ao lado dos volantes Valencia e Rafael Miranda. Na armação e ataque o mesmo formato que venceu (3 a 1) o Corinthians: Paulo Baier e Marcinho com Wesley e Wallyson bem abertos e adiantados.

A boa notícia do dia foi a volta de Alex Mineiro. O atacante participou de um coletivo na manhã de ontem com o grupo que não foi utilizado em São Paulo.

Assim, o experiente jogador figura como mais uma opção para a montagem do time. A definição da equipe que enfrenta o Grêmio acontece hoje após treinamento na Arena.