atletico181204.jpg

Jádson volta amanhã, com
interesse do Benfica.

Na última partida do Atlético no campeonato brasileiro, o meia Jádson será a principal atração em campo. Contra o Botafogo, ele será a novidade do time de Levir Culpi, após cumprir suspensão automática, além de também poder realizar sua última partida com a camisa rubro-negra.

O Benfica elegeu o jogador do Furacão como prioridade para se reforçar para a temporada 2005. Os portugueses querem a revelação atleticana para ser seu novo camisa 10.

Aos 21 anos, Jádson chamou a atenção do Benfica pelo ótimo nacional que realizou este ano. Os 15 gols anotados em 39 jogos da competição e o fato de ser um dos pontos de equilíbrio do Furacão aguçaram o desejo do clube português em contar com um brasileiro habilidoso. Para tirá-lo da Baixada e levá-lo para a Europa, os dirigentes portugueses estariam dispostos a pagar três milhões de euros, mas o Atlético só o liberaria por cinco milhões. O Benfica está na segunda fase da Copa da Uefa, além da disputa do campeonato português.

A direção rubro-negra, no entanto, não confirma nenhum tipo de contato. "O que tem é que vários agentes da Fifa nos fazem consultas quase diárias. Mas, até agora, nenhum contato oficial com este clube", disse o presidente João Augusto Fleury da Rocha, presidente do Atlético. Segundo ele, o clube só deverá tratar mais especificamente sobre o elenco para 2005 a partir de segunda-feira. Seu procurador, José Zanata, confirma o interesse do Benfica, mas diz que esse assunto deve ser resolvido entre os clubes.

Enquanto isso, o jogador mantém os treinamentos normais no CT do Caju. "Não estou sabendo de nada sobre isso e estou com a cabeça somente na partida de domingo (amanhã)", declarou. Ele, aliás, é a únca mudança na equipe de Levir em relação ao jogo contra o Vasco da Gama. Ele cumpriu suspensão automática e volta ao meio. Com isso, Fernandinho retorna à ala direita e Raulen fica à disposição apenas no banco de suplentes.

Alto-falante

Para não atrapalhar o desempenho da equipe dentro de campo, o sistema de som do Atlético vai ignorar a partida entre Santos e Vasco da Gama. A idéia é que uma eventual vantagem do Peixe em São José do Rio Preto não desanime os atleticanos em campo contra o Botafogo, já que a vitória garante o título ao Santos.