O Atlético-PR não fez uma boa partida na noite desta quarta-feira, na Arena da Baixada, em Curitiba, mas jogou o suficiente para vencer o Operário, de Ponta Grossa, de virada, por 3 a 2, e assumir a liderança do Campeonato Paranaense, com 13 pontos. O Atlético aguarda agora o complemento da rodada nesta quinta, quando o Coritiba, que tem 11 pontos, enfrenta o Iraty no Couto Pereira.

O Operário começou melhor a partida, procurando abrir o placar. E conseguiu, aos sete minutos, em cobrança de pênalti convertida por Baiano. Na busca pelo empate, o Atlético foi com força total ao ataque, pressionando o visitante, mas sem qualquer organização.

O Operário suportou a pressão inicial e aos poucos voltou a também procurar o ataque, dando grande movimentação ao jogo, embora poucas chances de gol fossem criadas. Mas, aos 49 minutos, Rhodolfo sofreu pênalti e Alan Bahia empatou.

O segundo tempo começou com a mesma velocidade com que terminou o primeiro. E foi o Operário quem se aproveitou, aos sete minutos. O zagueiro Manoel falhou ao cortar um lance e acabou passando a bola para Glênio fazer o segundo. O empate veio aos 14 minutos, novamente em cobrança de pênalti por Alan Bahia. No lance, o lateral Gilson, do Operário, foi expulso.

Com um a mais, o Atlético não deu mais espaço para o Operário. Aos 20 minutos, Patrick aproveitou o erro do adversário para desempatar e decretar a virada dos anfitriões na Arena.

Nos outros jogos desta quarta pelo Estadual, o Paraná venceu o Corinthians-PR por 3 a 1 e o Paranavaí bateu o Cascavel por 2 a 1.