Embalado pela vitória contra a Ponte Preta, o Atlético fez um bom jogo contra o Vitória, na noite deste domingo, em Feira de Santana, mas foi derrotado por 3 a 2 pelo time baiano.

Ederson e Luiz Alberto marcaram os gols do Furacão na partida. Os gringos Cáceres, Biancucchi e Escudero fizeram pelo time da casa.

As equipes agora terão cerca de um mês para se preparar para o restante do Campeonato Brasileiro. O Furacão encerra a primeira parte da competição – que pára para a disputa da Copa das Confederações – na décima quarta posição.

O jogo

Para seguir com o clima tranqüilo, o técnico Ricardo Drubscky precisava de um bom resultado no interior baiano. Com isso, o treinador manteve a equipe que havia derrotado a Ponte Preta, no meio de semana.

O Atlético fez um bom primeiro tempo. Mandante, a equipe do Vitória tomou a iniciativa do jogo e abriu o placar, aos 27 minutos, com o paraguaio Cáceres. Porém, o Furacão não ficava apenas atrás e também saía para o jogo.

O artilheiro Ederson empatou o duelo dois minutos depois, após bela jogada do lateral-esquerdo Pedro Botelho. Entretanto, o time da casa voltou a ficar à frente do marcador, com Biancucchi, o primo do argentino Messi, aos 35.

Na etapa final, o jogo caiu de produção. O Atlético dominou, mas não tinha tanta eficiência no ataque. O Furacão só chegou ao gol de empate em um lance de bola parada.

Paulo Baier cobrou falta na área, a zaga do Vitória falhou e o zagueiro Luiz Alberto empatou, aos 34 minutos. Nos últimos minutos, o Furacão recebeu um balde de água fria no calor do Nordeste. Escudero deu números finais ao jogo. Final: Vitória 3×2 Atlético.