A situação que envolve os locais dos jogos do Atlético na Série B segue indefinida e a partida contra o Barueri, marcada para esta sexta-feira, na Vila Capanema, pode nem acontecer no estádio do Paraná Clube.

O Furacão entrou em contato com o Tricolor e exigiu que a orientação da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) fosse cumprida – a entidade declarou que não havia tempo hábil para marcar o jogo em outro estádio. Porém, a diretoria do Paraná só irá liberar a Vila Capanema se o clube rival pagar um aluguel.

“Conversamos com o Fernando Delek [diretor administrativo do Atlético] e ele pediu para que a orientação da CBF fosse cumprida. Mas, até o momento, não recebemos nada da CBF. O Atlético pediu para que descontassem o dinheiro do borderô da partida. Até agora não temos nenhum contrato. Nós não aceitamos isso e encaminhamos um novo ofício à CBF e à FPF”, disse o superintendente do Paraná, Celso Bittencourt, em entrevista ao Paraná Online, na tarde desta quarta-feira (30).