Com um gol aos 41 minutos do segundo tempo, o Atlético-MG conseguiu evitar o terceiro tropeço seguido no Campeonato Brasileiro e derrotou o Coritiba por 3 a 2, no Mineirão, em Belo Horizonte, em partida válida pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com a vitória, a equipe chegou aos 31 pontos, no segundo lugar, três atrás do líder Palmeiras. Já o Coritiba está em 16.º lugar, com 16 pontos.

Com mais volume de jogo, o Atlético-MG não demorou para fazer seu primeiro gol. Aos 13 minutos, Evandro, que iniciou a partida no lugar do veterano Júnior, cobrou falta pela direita e o volante Jonílson, na segunda trave, cabeceou, sem chance de defesa para Edson Bastos.

Um minuto depois, o lateral esquerdo Thiago Feltri cruzou a bola na área do Coritiba e Diego Tardelli, também de cabeça, ampliou para o Atlético-MG. Com o gol, Tardelli, convocado esta semana por Dunga para defender a seleção brasileira no amistoso contra a Estônia, passou a dividir a artilharia do Campeonato Brasileiro com Val Baiano, do Barueri. Cada um já marcou nove vezes na competição.

O Coritiba não se abateu com os gols e foi ao ataque. Aos 20 minutos, foi a vez do time paranaense marcar em jogada aérea. Marcelinho Paraíba cobrou escanteio, Demerson subiu mais que a zaga atleticana e cabeceou para o fundo do gol defendido por Aranha.

No segundo tempo, as duas equipes continuaram com um estilo ofensivo. O Atlético-MG, porém, desperdiçava várias chances de gol e foi surpreendido aos 36 minutos. Leozinho foi lançado em velocidade e chutou na saída do goleiro Aranha, empatando a partida em 2 a 2.

O Atlético-MG conseguiu reagir. Aos 43 minutos, o garoto Renan Oliveira, que entrara há pouco no time, recebeu passe rasteiro de Wellington Saci, dominou de costas, virou e finalizou no canto esquerdo, dando a vitória ao time de Belo Horizonte.

Com o adiamento do jogo contra o Internacional, que está no Japão para a disputa da Copa Suruga, o Atlético-MG só volta a jogar no dia 12 de agosto, quando receberá o líder Palmeiras, no Mineirão. Já o Coritiba, enfrentará, na próxima quarta-feira, o Santos, em Cascavel, já que foi punido com a perda de mando de campo por conta de conflitos ocorridos no clássico contra o Atlético-PR.

Ficha Técnica:

Atlético-MG 3 x 2 Coritiba

Atlético-MG – Aranha; Carlos Alberto, Welton Felipe, Werley e Thiago Feltri (Wellington Saci); Renan, Jonílson, Serginho e Evandro (Júnior); Éder Luís (Renan Oliveira) e Diego Tardelli. Técnico: Celso Roth

Coritiba – Edson Bastos; Márcio Gabriel, Jéci, Demerson e Carlinhos Paraíba (Pedro Ken); Jaílton, Leandro Donizete, Dirceu (Guaru) e Marcelinho Paraíba; Marcos Aurélio e Bruno Batata (Leozinho). Técnico: René Simões.

Gols – Jonílson, aos 14, Diego Tardelli, aos 15 e Leozinho, aos 20 minutos do primeiro tempo; Renan Oliveira, aos 43 minutos do segundo tempo.

Árbitro – Felipe Gomes da Silva (RJ)

Cartões Amarelos – Serginho, Diego Tardelli (Atlético-MG); Dirceu, Marcos Aurélio e Jéci (Coritiba)

Público – 26.170 pagantes

Renda – R$ 352.209,00

Local – Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte (MG)