Foram duas derrotas e um empate em quatro partidas disputadas no estádio Independência. O retrospecto não condiz com a fama “matadora” do Atlético Mineiro em sua casa. E, para voltar a reafirmar o seu domínio no Horto (como o torcedor gosta de falar do local), nada melhor que um confronto contra um rival que ocupa a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Esta será a oportunidade atleticana nesta quarta-feira, às 21h45, contra o Sport, em Belo Horizonte, pela nona rodada.

Sob o comando de Vanderlei Luxemburgo, o time pernambucano ainda claudica na competição e não assusta os rivais. Em situação mais favorável, o Atlético Mineiro já está fora da zona da degola e ganha confiança após resultados mais consistentes nas últimas rodadas. Um triunfo nesta quarta-feira aproximaria o time comandado pelo técnico Roger Machado do G6 e ainda renovaria a confiança dos anfitriões.

Para tanto, o treinador deve contar nesta quarta-feira com força quase máxima em seu elenco. Sem maiores problemas de lesão, o único problema estará no meio de campo. Ele não pode contar com Yago, suspenso, e Adilson, ainda se recuperando de problema físico. Assim, vai dar chance a Ralph, de apenas 19 anos.

E o jovem volante está ciente da “obrigação” de retomar as vitórias como mandante. “No Independência, a gente sempre costuma sair com os três pontos. Infelizmente, nestas últimas partidas não conseguimos. Mas a equipe está muito confiante de que vamos conseguir sair com os três pontos desta vez”, disse Ralph, que será titular pela segunda vez na equipe profissional.

No ataque, Roger Machado terá o retorno de Fred, desfalque da equipe nas duas últimas rodadas do Brasileirão, por conta de um edema na panturrilha direita. Ele formará dupla de ataque com Robinho. O equatoriano Cazares vai completar o setor ofensivo atleticano, que vem economizando nos gols neste início de Brasileirão. Foram apenas sete gols em oito jogos disputados.

No meio de campo, a novidade na lista de relacionados é o volante Roger Bernardo. Acertado com a diretoria atleticana desde janeiro, ele se apresentou ao clube somente nesta semana, ao fim da temporada europeia pelo alemão Ingolstadt. Sua apresentação oficial aconteceu na última segunda-feira e, na terça, já estava regularizado na CBF. Nesta quarta, poderá ter a sua primeira oportunidade na equipe se Roger Machado decidir mudar o meio ao longo da partida.