Muito perto de assegurar sua volta à Série A do Brasileiro, o Atlético-MG pode igualar um recorde, hoje à tarde, quando joga contra o Paysandu-PA, no Mineirão, pela 34.ª rodada da Série B. Se vencer, igualará seu recorde de 11 vitórias consecutivas em casa em campeonatos nacionais, marca conquistada pelo time vice-campeão em 1977.

O recorde de público nas séries A, B e C de 2006, de 57.851 pagantes contra o Avaí-SC, contudo, não será quebrado, já que a carga de ingressos colocada à venda é de 55 mil. Com 58 pontos, o time mineiro caiu para o 2.º lugar na rodada passada, ao empatar (1 a 1) com a Portuguesa-SP, e ser passado pelo Sport-PE.

O Paysandu perdeu para o Remo-PA, por 3 a 1, ficando com 41 pontos.

Mais 7 jogos completam a rodada. No Machadão, em Natal, América-RN e Coritiba fazem confronto direto pelo acesso.

 Ainda tentando alimentar a chance de subir, Brasiliense-DF e Santo André-SP se enfrentam no Serejão, em Taguatinga. Abaixo deles, a preocupação maior é com o rebaixamento. Em Campinas, o Guarani-SP tem partida decisiva contra o Ituano. O time de Campinas está na 18.ª colocação, com 36 pontos, e só deixa o grupo do rebaixamento se vencer e CRB. O Ituano, 12.º com 42 pontos, vem de empate com o Avaí por 0 a 0. Este foi o último jogo do técnico Roberto Fernandes, que acertou com o Brasiliense.

A equipe será comandada por José Luiz Drey, que treinou o time B na Copa FPF.