O Atlético Mineiro levou a melhor e venceu o rival Cruzeiro por 1 a 0, jogando em casa, no Independência, em Belo Horizonte, na tarde deste domingo, em partida válida pela 28.ª rodada do Campeonato Brasileiro. As duas equipes atacaram durante todo o clássico, mas foi em um lance isolado que o atacante Fernandinho, já no fim, decidiu a partida.

Mesmo com a derrota, o Cruzeiro continua com folga na ponta da tabela, com 59 pontos, agora com dez a mais que o Grêmio, segundo colocado. Já o Atlético-MG, com a vitória, fica na quinta colocação, com 42 pontos.

O Atlético-MG entrou em campo com vários desfalques. Não puderam jogar pelos alvinegros Ronaldinho Gaúcho, Réver e Richarlyson, que ainda se recuperam de lesões. E o goleiro Vitor e o atacante Jô, que estão com a seleção brasileira para dois amistosos na Ásia.

No primeiro tempo, as duas equipes formularam jogadas, mas não conseguiram transformar as tentativas de ataque em gols. O lance mais perigoso ficou por conta de Fernandinho. Aos 27 minutos, o atacante desceu em velocidade pela esquerda, driblou dois adversários, caiu na entrada da pequena área e ficou pedindo o pênalti, mas o árbitro Luiz Flávio de Oliveira, acertadamente, nada marcou.

As duas equipes voltaram organizadas do vestiário e com mais volume de jogo. O Cruzeiro começou atacando primeiro, mas foi o Atlético-MG, impulsionado pela torcida, que criou as melhores oportunidades de gol. Logo no primeiro minuto da etapa complementar, Ricardo Goulart entrou na área, passou pelo marcador, e chutou forte contra a meta do goleiro Giovanni, que defendeu com o braço.

Aos 28, foi a vez de outro jogador do Cruzeiro quase abrir o placar. Éverton Ribeiro chutou forte, no canto esquerdo de Giovanni, mas a bola passou rente à trave. Do lado de fora do campo, os dois treinadores travaram uma disputa paralela. Na tentativa de superar o esquema do time rival, Cuca e Marcelo Ribeiro fizeram alterações no elenco.

Depois dos 35 minutos do segundo tempo, o Atlético-MG encontrou mais espaços e passou a atacar com mais volume, oferecendo mais perigo. Fernandinho desceu novamente em velocidade pela esquerda e cruzou para a pequena área. Luan pegou de primeira e Fábio fez uma excelente defesa.

O Atlético-MG continuou atacando e, aos 40 minutos, Fernandinho decidiu a partida. Pela direita, em um lance isolado, o atacante deu uma meia-lua no zagueiro Bruno Rodrigo, na entrada da grande área, e chutou cruzado, encobrindo o goleiro Fábio, que nada pode fazer.

O próximo compromisso do Cruzeiro será na quarta-feira, quando receberá o Fluminense, no Mineirão, às 19h30. Já o Atlético-MG vai até Curitiba, enfrentar o xará, Atlético-PR, no mesmo dia, mas às 21h50.

 

FICHA TÉCNICA:

ATLÉTICO-MG 1 X 0 CRUZEIRO

ATLÉTICO-MG – Giovanni; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Emerson e Junior Cesar; Pierre, Josué (Leandro Donizete), Luan e Diego Tardelli; Fernandinho e Alecsandro (Neto Berola). Técnico: Cuca

CRUZEIRO – Fábio; Ceará, Léo, Bruno Rodrigo e Egídio; Lucas Silva (Henrique), Nilton, Ricardo Goulart e Éverton Ribeiro; Willian (Dagoberto) e Borges (Alisson). Técnico: Marcelo Oliveira.

GOLS – Fernandinho, aos 40 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Luiz Flávio de Oliveira (SP).

CARTÕES AMARELOS – Pierre, Leonardo Silva (Atlético-MG); Lucas Silva, Ceará (Cruzeiro).

PÚBLICO E RENDA – Não disponíveis.

LOCAL – Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG).