Recuperados de contusão, o zagueiro Leonardo Silva e o volante Leandro Donizete treinaram normalmente na tarde desta segunda-feira, na Cidade do Galo, e devem reforçar o Atlético-MG no jogo decisivo de quarta, contra o Newell’s Old Boys, pela semifinal da Libertadores. Depois de ter perdido por 2 a 0 na semana passada, na Argentina, o time mineiro precisa vencer por três gols de diferença para ir à final.

No jogo de ida em Rosário, na semana passada, Leonardo Silva e Leandro Donizete não jogaram. O zagueiro se recuperava de uma luxação no ombro esquerdo, enquanto o volante tinha uma contratura muscular na coxa direita. Agora, com o provável retorno dos dois, Rafael Marques e Josué voltam para o banco. Assim, o único desfalque do Atlético-MG seria o zagueiro Réver, que precisará cumprir suspensão.

O técnico Cuca deve escalar o Atlético-MG com a seguinte formação: Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Gilberto Silva e Richarlyson; Pierre, Leandro Donizete, Ronaldinho Gaúcho e Bernard; Diego Tardelli e Jô. E, pelas orientações dele durante o treino desta segunda-feira, a ordem é para o time mineiro pressionar o Newell’s Old Boys desde o começo do jogo na Arena Independência, em Belo Horizonte.

A torcida atleticana promete fazer a sua parte para ajudar o time. Nesta segunda-feira, um grupo de torcedores foi até a Cidade do Galo e tratou de incentivar os jogadores para a decisão contra o Newell’s Old Boys – levaram uma faixa que dizia “Lutem até o fim! Enquanto houver 1% de chance, eu sou 100% Galo”. Além disso, os ingressos para o jogo estão esgotados e a Arena Independência estará lotada.