O Atlético fez uma de suas piores partidas em casa neste campeonato e foi surpreendido pelo Fluminense no fim de tarde deste sábado (11), em Curitiba. Mesmo estando na lanterna e com um a menos a maior parte do segundo tempo, o time carioca não teve dificuldades para superar um combalido Atlético por 3 a 1 em plena Baixada.

O Atlético começou o jogo se impondo, mas quem criou a primeira boa chance foi o Fluminense. Evertons Santos cruzou pra área e Washington cabeceou no contra pé de Galatto, que fez grande defesa. Aos 16 minutos, Antônio Carlos encheu o pé em cobrança de falta e fez o primeiro do jogo: 1 a 0 Furacão.

Aos 20, quem estava no estádio presenciou um lance bizonho que mexeu com o emocional de todos os jogadores atleticanos. Conca lançou na área e, sem necessidade e de forma infantil, Rafael Moura mergulhou como se fosse um goleiro e meteu o braço nela. Carlos Eugênio Simon marcou pênalti. Washington bateu com categoria e empatou a partida.

Os atletas rubro-negros ainda assimilavam o gol de empate quando Arouca botou na frente e recebeu um pontapé de Antônio Carlos dentro da área. O árbitro gaúcho marcou mais um pênalti para os cariocas. Washington, de novo com categoria, fez o segundo do Flu. O Coração Valente ainda perdeu um gol incrível em um presentaço da zaga do Atlético, que teve duas baixas no primeiro tempo. Geninho foi obrigado a tirar Alberto e Kelly machucados, para as entradas de Pimba e Alan Bahia, respectivamente.

Segundo tempo

O Atlético voltou como terminou a primeira etapa: apático. Aos 6, quase Everton Santos fez o terceiro. Recebeu livre dentro da área e Galatto fez uma grande defesa. Insatisfeito com o rendimento de Joãozinho, visivelmente fora de forma, Geninho colocou Geílson no lugar dele.

Aos 16, Luis Alberto, com amarelo, pegou de jeito Alan Bahia e foi expulso de campo. Com um a mais, o Atlético se limitou a lançar pra área de qualquer jeito, facilitando para a zaga carioca. O rubro-negro esboçou uma pressão, mas quem marcou, mais uma vez, foi Washington. Conca bateu falta, a defesa ficou olhando e o Coração Valente se abaixou para fazer o terceiro. A partir daí, os jogadores tiveram que ouvir os gritos de segunda divisão da própria torcida que, definitivamente, perdeu a paciência de uma vez por todas. Final na Arena: Atlético 1, Fluminense 3.