No lance em que os atleticanos Leomar (8) e
Thiago (4) são marcados pelo jogador Augusto,
do Cruzeiro, o atacante Aristizábal, autor
de três gols na partida, olha de longe.

Não deu. Apesar de jogar bem, o Atlético não resistiu à competência do Cruzeiro e perdeu por 5 a 2, ontem, no Mineirão. O destaque do jogo foi Aristizábal, que marcou três gols assim como fizera contra o Coritiba, na quarta rodada. Com a vitória, o time mineiro manteve a invencibilidade de 31 jogos, e assumiu a liderança provisória do campeonato brasileiro, com 17 pontos.

Os dois times iniciaram a partida arriscando no ataque, com o Cruzeiro tentando assumir o controle do jogo. Aristizábal e Deivid eram acompanhados por Thiago e Juliano, permitindo que o estreante Capone ficasse na sobra. Pressentindo a dificuldade em encontrar espaço, Alex recuou, tentando atrair algum marcador atleticano.

Mas qualquer estratégia foi por água abaixo ainda a sete minutos. Deivid sofreu falta, e Alex cobrou com extrema categoria, abrindo o placar e agitando o Mineirão. Inibido, o Rubro-Negro tentava se acalmar para reequilibrar as ações ofensivas.

Quando conseguiu, o empate foi inevitável. Aos 19 minutos, Kléberson lançou Ivan, que passou por Maurinho e cruzou para Ilan, que cabeceou com estilo, igualando a partida. Só que ninguém esperava uma falha da retaguarda rubro-negra: aos 23 minutos, Thiago errou, Deivid cruzou e Aristizábal marcou o segundo dos mineiros.

O Atlético começou o segundo tempo em alto estilo. Logo a três minutos, Dagoberto passou por Edu Dracena e chutou sem chances para Gomes, marcando um belo gol. Mais uma vez o time da casa sentiu o golpe, e os rubro-negros reassumiram o controle da partida.

Com o passar do jogo, o Cruzeiro começou a se desesperar, abrindo mais espaços para o contra-ataque do Atlético mas os erros de passe prejudicavam as iniciativas ofensivas rubro-negras. Sentindo que poderia conseguir uma vitória, Osvaldo Alvarez abriu mão do 3-5-2, colocando Rodrigo no lugar de Thiago. Vanderlei Luxemburgo gostou da idéia e também tirou Thiago, colocando Márcio.

Mais sorte teve o técnico mineiro. Aos 25 minutos, Maurinho fez ótima jogada e tocou para Aristizábal, que chutou forte e marcou seu segundo gol na partida. Vadão arriscou colocando Selmir no lugar de Leomar, mas o Atlético não conseguiu vencer a defesa cruzeirense. Pior: em rápido contra-ataque, Aristizábal recebeu de Alex e chutou com estilo, marcando o quarto. Aos 45 minutos, Alex fechou o placar. Permanecendo com sete pontos, o Rubro-Negro enfrenta o Juventude no próximo domingo, no Joaquim Américo.

CAMPEONATO BRASILEIRO

CRUZEIRO 5 X 2 ATLÉTICO

Cruzeiro

Gomes; Edu Dracena, Luisão e Thiago (Márcio); Maurinho, Augusto Recife, Sandro, Alex e Leandro (Wendell); Aristizábal e Deivid.

Técnico:

Vanderlei Luxemburgo

Atlético

Diego; Capone, Juliano e Thiago (Rodrigo); Alessandro, Leomar (Selmir), Luciano Santos, Kléberson e Ivan; Dagoberto e Ilan.

Técnico:

Osvaldo Alvarez

Súmula

Local:

Mineirão (Belo Horizonte-MG)

Árbitro:

Alexandre Lourenço Barreto (RS)

Assistentes:

José Antônio Franco Filho (RS) e Paulo Ricardo Silva Conceição (RS)

Gols:

Alex 7, Ilan 19 e Aristizábal 23 do 1º; Dagoberto 3 e Aristizábal 25 e 40 e Alex 44 do 2º

Cartões amarelos:

Alex, Maurinho (CRU); Wendell, Thiago, Dagoberto (CAP)