enkontra.com
Fechar busca

De Letra

Sem muita folga

Atlético inicia o ano sem a pré-temporada

Com estreia na Libertadores no final de janeiro, time não repetirá receita de 2013

  • Por Luiz Ferraz

Um dos segredos do sucesso do Atlético na temporada de 2013, a pré-temporada mais alongada, que durou nada menos do que 90 dias, até fazer seu primeiro jogo oficial, não poderá ser usada no ano que vem.

Com a sua estreia na Libertadores da América marcada para o dia 29 de janeiro, diante do Sporting Cristal, em Lima, no Peru, o time atleticano se apresenta no próximo dia 3 e não terá nem um mês até o seu primeiro compromisso oficial em 2014.

Assim, quando entrar em campo contra o time peruano, o preparo físico do Furacão, ponto forte em 2013, será colocado à prova. Além disso, a falta de ritmo de jogo também poderá atrapalhar no início do ano que vem.

Por isso, não está descartada a possibilidade de o time principal entrar em campo nas duas primeiras rodadas do Campeonato Paranaense nos dias 19 e 22 de janeiro, diante do Prudentópolis, fora de casa, e contra o Toledo, em Curitiba, respectivamente.

A falta de ritmo, inclusive, foi uma das dificuldades do Atlético neste ano, ainda sob o comando do técnico Ricardo Drubscky. Depois de 90 dias de treinamentos regados a jogos-treinos e a um torneio realizado na Espanha, o Furacão penou no início do Campeonato Brasileiro.

A escassez de bons resultados culminou com a queda do time para a zona de rebaixamento do Brasileirão e, consequentemente, custou o cargo de Drubscky no comando da equipe.

Com Vagner Mancini o Atlético decolou. Com os mesmos jogadores, mas com mais ritmo de jogo, aliando a técnica e a eficiência no seu preparo físico, o Furacão fez jus ao seu apelido e passou por cima dos adversários.

Enquanto os adversários já sentiam o desgaste pela maratona de jogos, o Rubro-Negro sobrou em campo. Com isso, a vaga na Libertadores da América do ano que vem e a chance de título da Copa do Brasil ficaram cada vez mais palpáveis na caminhada do time atleticano em 2013.

Mais jogos

Com menos tempo para se preparar, o Atlético deverá ter também em 2014 mais jogos para disputar. Caso chegue à final da Libertadores da América, mas não seja campeão, e vá até as finais da Copa do Brasil, o time atleticano poderá fazer até 62 partidas na próxima temporada, contando as 38 partidas pela Série A do Campeonato Brasileiro.

Na competição continental, se passar pelo Sporting Cristal, o time atleticano fará pelo menos 8 partidas no torneio. Na Copa do Brasil, o Furacão e os outros times brasileiros, desde que não conquistem a Libertadores, entram nas oitavas de final da competição nacional. Se for à grande decisão do torneio, a exemplo do que aconteceu em 2013, serão mais 8 partidas que serão disputadas em 2014.

Em 2013, o Atlético realizou 51 jogos. Além dos 38 jogos pelo Brasileirão, foram 13 duelos pela Copa do Brasil, que culminou com a perda do título para o Flamengo, no Maracanã.

Se tivesse disputado o Campeonato Paranaense, seriam mais 24 partidas no currículo da equipe principal rubro-negra. Porém, mesmo representado pelo seu time Sub-23, os meninos fizeram bonito e ficaram com o vice-campeonato do Estadual.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

26 Comentários em "Atlético inicia o ano sem a pré-temporada"


Gadiego Lôpez
Gadiego Lôpez
5 anos 3 meses atrás

Olha o bandidinho aí de novo.

geovane mirol
geovane mirol
5 anos 3 meses atrás

Sem pre temporada? Tao fu di do, será mais um ano sem nada pra comemorar. Assim Nem vice do estadualziho vão levar. Vcs torcedores desses times ridiculos de Curitiba tem q se contentar pelo menos com um vice aí entre vcs

Mauricio Ferreira
Mauricio Ferreira
5 anos 3 meses atrás

Eita poodlaiada burra mesmo… outro pateta falando de ruralzão… fora o regional, (como diz teu dono!) o que mais vocês ganharam??? kkkkkkk cambada de imbecis! O pateta vidente vem falar de clube…que clube? Agora é Funcap com dono e tudo! kkk

ROMULO DIAS
ROMULO DIAS
5 anos 3 meses atrás

Esqueci que o timinho pequenininho do morro tem CT, mas o importante para eles é o DM, agora ampliado para receber mais lixo… Por isso da inexistência de base.

ROMULO DIAS
ROMULO DIAS
5 anos 3 meses atrás

Em compensação, o que é a base do cocoxa… Ah! o Alex com 150 anos… E o resto… Que resto… Timinho pequenininho achando que o ruralito é campeonato…

1 2 3 6
wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas