O sucesso do plano Sócio Furacão permitiu ao Atlético retomar uma posição ocupada pelo Coritiba nos últimos dois anos. Em 2009, o Furacão é o dono da maior média de público do Campeonato Paranaense: 13.504 pagantes por jogo e ainda falta a rodada de amanhã.

O Rubro-Negro liderou a disputa nas arquibancadas durante todo o campeonato. Na primeira fase, teve uma média de público de 12.358 pagantes por partida. Na segunda fase, o número subiu para 14.841.

O maior público do campeonato foi registrado na Baixada. 21.517 pagantes assistiram ao Atletiba do último domingo. Em todo o campeonato, o menor público registrado no Joaquim Américo foi de 9.518, contra o Engenheiro Beltrão.

O Coxa é quem mais se aproxima do Furacão. O Couto Pereira recebeu uma média de 9.368 pagantes por jogo na primeira fase e 12.929 na etapa final. No total, o Cori conta com a média de 10.852 ingressos vendidos por partida. Terceiro lugar na média de público, o Paraná Clube aparece bem atrás da dupla Atletiba. A Vila Capanema recebeu uma média de 3.301 pagantes por jogo.

Garantido

O Atlético já garantiu a liderança na média de público. Se a torcida coxa-branca atingir a lotação máxima do Couto Pereira no domingo, o Cori chegará a pouco mais de 12 mil pagantes por jogo. O Furacão, que deve encher a Arena mais uma vez, pode superar os 14 mil.

O Rubro-Negro retoma, portanto, uma marca que havia ficado com o Coxa em 2008 (11.977) e 2007 (5.569). Entre 2004 e 2006, a disputa nas arquibancadas já havia sido vencida pelo Furacão. Desde 1994, a liderança na média de público ficou dez vezes com o Cori e cinco vezes com o clube da Baixada.

A média de 13.504 pagantes por partida é a maior da série histórica registrada pelo Paraná-Online. Até este ano, a maior havia sido de 11.977, anotada pelo Coritiba, em 2008.