Em jogo de estreia na Copa do Brasil 2012, o Atlético enfrentou o Sampaio Corrêa, em São Luís, não fez um bom jogo e perdeu por 2 a 1. Com o resultado, o Furacão terá que vencer pelo placar mínimo no jogo de volta, que está marcado para próxima quinta-feira (15), às 19h30, na Vila Capanema, para se classificar para segunda fase. O Furacão volta a campo neste domingo para enfrentar o Rio Branco, às 18h30, em Curitiba.

Jogando em casa apoiado pela torcida, o Sampaio Corrêa foi pra cima e logo no início, aos 4 minutos, abriu o placar. Edigar faz a festa do torcedor da casa. O atacante passou por Adriano e fuzilou, para fazer 1 a 0. Poucos minutos após o gol, Juan Carrasco sacou Adriano e para fortalecer a defesa colocou Gustavo. O Sampaio seguia melhor e aos 12 minutos quase fez mais um. Edigar passou fácil por Manoel e bateu para grande defesa de Rodolfo.

Na sequência o Atlético chegou com perigo pela primeira vez. Após cruzamento de Bruno Mineiro, Heracles cabeceou no canto e exigiu boa defesa de Rodrigo Ramos. Mas o Furacão estava jogando mal, apático e o time da casa chegou ao segundo gol. Aos 20 minutos, Cléo cobrou falta com muita categoria, no canto direito de Rodolfo, que nada pode fazer: 2 a 0.

Antes do fim do primeiro tempo, o time da casa criou mais 3 oportunidades claras para ampliar, enquanto que o Atlético  teve duas. A primeira com Heralces, que acertou o travessão aos 28 minutos. Aos 35 minutos o Furacão marcou. Após boa trama de passes, a bola chegou em Harrison, que bateu bonito para diminuir o placar.

Para o segundo tempo, Carrasco tirou Renan Foguinho e colocou Renan Teixeira. Logo no primeiro minuto, Edigar recebeu lançamento longo e bateu na rede pelo lado de fora. Na sequência quase o empate do Rubro-Negro. Harrison bateu falta no capricho e a bola passou muito perto do gol. Aos 7 minutos, Fabrício Lopes cometeu falta dura em Marcinho, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso.

Com um jogador a mais em campo, o Atlético foi pra cima e quase empatou aos 20 minutos. Harrison cruzou na cabeça de Bruno Mineiro e o atacante testou para fora. Oito minutos depois o Atlético marcou, mas não valeu. Bruno Mineiro recebeu na frente, fez o gol, mas o impedimento foi anotado. No restante da partida, o Furacão pressionou, mas não conseguiu o empate. Final: Atlético 1, Sampaio Corrêa 2.