O Atlético voltou a patinar no Campeonato Brasileiro. Jogando no estádio Willie Davids, em Maringá, por conta da punição imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), o rubro-negro ficou apenas no empate por 1 a 1 contra a equipe da Chapecoense.

Os dois times fizeram uma partida movimentada. Com maior posse de bola, o Atlético descia com perigo. Contudo, o time pecava justamente na hora de chutar a gol. A Chapecoense, por sua vez, buscava os contra-ataques e só não saiu com a vitória graças ao goleiro Weverton.

Já no segundo tempo, o Atlético pressionou bastante o time catarinense, que se limitava a ficar na defesa. Aos 25, de tanto pressionar, o Atlético abriu o placar com o zagueiro Cleberson, aproveitando um escanteio e escorando de cabeça.

Em vez de continuar atacando, o Atlético optou em recuar. Isso fez com que a Chapecoense despertasse no jogo e passou a criar boas chances de empatar. Aos 42, veio a ducha de água fria. Tiago Luis, livre de marcação, escorou um cruzamento e deixou tudo igual.

Após o apito final, a torcida atleticana, que compareceu em pouco número, vaiou o time. O próximo jogo do Atlético será no dia 21, contra o Corinthians, fora de casa.