Na primeira partida após a saída do técnico Miguel Ángel Portugal, o Atlético, comandado interinamente por Leandro Ávila, foi até São Paulo onde encarou o Corinthians, no Canindé, e arrancou um empate em 1 a 1, com Douglas Coutinho saindo do banco para garantir o resultado.

Escalado com os jogadores em suas posições de origem, o Furacão mostrou segurança no setor defensivo na primeira etapa, com uma marcação firme, sem dar espaços para o Corinthians, e trocando passes em velocidade no ataque, com os laterais apoiando com qualidade, mas com dificuldades para finalizar no gol de Cássio.

Já o time corinthiano insistia nas bolas levantadas na área de Weverton. E por falar em Weverton, nas poucas vezes em que o Timão chegou com perigo, o goleiro atleticano apareceu fazendo duas sensacionais defesas, uma aos 20 e outra aos 26 minutos.

No intervalo do jogo, o técnico Mano Menezes sacou Renato Augusto para entrada de Romarinho, para tentar aumentar o poder de ataque do Corinthians e o Timão voltou mais disposto, contando com erros de passe do Atlético, o que não aconteceu no primeiro tempo.

E, aos 13 minutos, numa disputa de bola entre Guerrero e Cléberson na grande área atleticana, o atacante do Timão caiu na área e o árbitro marcou pênalti. Muita reclamação do time atleticano, mas Jadson foi para a bola e bateu no canto direito de Weverton, que não teve nenhuma chance.

Depois do gol, Leandro Ávila mudou o time atleticano sacando Paulinho Dias e Ederson para as entradas de Nathan e Douglas Coutinho e o Atlético ganhou mais força ofensiva, contudo, repetia o mesmo erro da primeira etapa, já que chegava na entrada da área corinthiana, mas não chutava em gol.

Mas aos 37 minutos, na última tentativa de mudar o panorama do jogo, o técnico atleticano tirou Bady e colocou Bruno Santos. Logo em seu primeiro lance, aos 38 minutos, Bruno Santos cruzou na área e Douglas Coutinho perdeu o gol, mas dois minutos depois, em um novo cruzamento, Coutinho não desperdiçou e estufou as redesde Cássio.

Coutinho ainda teve mais uma chance de dar a vitória ao Atlético quando, as 42 minutos, acertou um belo chute de fora da área que explodiu no travessão de Cássio, mas o jogo terminou mesmo empatado. Agora, o Furacão já pensa no clássico diante do Coritiba, que ocorrerá domingo em Maringá.