A final do Campeonato Paranaense foi disputada em maio, mas a decisão ainda dá o que falar. Na próxima semana, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) irá julgar dois atletas e o árbitro do primeiro duelo do jogo decisivo entre Atlético e Coritiba.

O árbitro Evandro Rogério Roman foi denunciado pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Paraná (TJD-PR) por omissão em alguns lances do duelo, que acabou empatado por 2 a 2, na Vila Capanema.

Em um dos lances destacados pela Procuradoria, o volante Deivid, do Atlético, praticou uma jogada violenta, ao atingir o meio-campo Lincoln, do Coritiba, com um carrinho perigoso. Por outro lado, o experiente meia do Coxa foi denunciado por atingir o adversário caído com um chute no peito, durante a disputa da bola.

Na ocasião, ambos os atletas foram punidos com um jogo de suspensão. Já o árbitro Evandro Rogério Roman foi suspenso por 30 dias. No próximo dia 22, o trio será julgado devido ao recurso solicitado pela procuradoria do TJD-PR. Todos os envolvidos podem receber punições maiores.