enkontra.com
Fechar busca

De Letra

Atletas corintianos admitem revanchismo contra a Ponte

Os jogadores do Corinthians já tratam a partida contra a Ponte Preta, pelas quartas de final do Campeonato Paulista, como uma revanche da derrota do ano passado, na mesma fase da edição passada da competição. “Aquela derrota serviu de lição”, disse o volante Paulinho, que projetou: “Mas agora é outro jogo, vamos jogar em Campinas e podemos sim sair de lá com a classificação”.

Romarinho afirmou que o Corinthians vai entrar em campo para surpreender o adversário e que não há favoritos para este jogo. “Esse ano será diferente, vamos para cima, e temos de trabalhar para surpreendê-los, não podemos vacilar”, disse o atacante, que deve voltar ao time titular jogando mais no meio de campo, como armador.

Para Paulo André, jogar em Campinas é um favor que favorece a Ponte, mas isso não preocupa o Corinthians. “Eles têm um bom retrospecto lá, mas é só lembrar ano passado, perdemos aqui (Pacaembu), então podemos ganhar lá”, enfatizou.

Já o volante Ralf falou em sabor especial. “Estamos engasgados com a Ponte desde o ano passado. Temos de fazer um bom jogo”, disse.

Em 2012, o Corinthians se classificou às quartas de final como primeiro colocado e enfrentou a Ponte, oitava. O jogo foi no Pacaembu, mas o time de Campinas levou a melhor: 3 a 2. Esse jogo marcou a saída de Júlio César do time titular.

Desta vez o jogo será em Campinas porque o Corinthians terminou a primeira fase em quinto lugar e a Ponte, em quarto. Isso foi definido depois o time corintiano ter batido o Atlético Sorocaba por 2 a 0, no Pacaembu, enquanto a equipe de Campinas empatou por 0 a 0 com o Bragantino, em Bragança Paulista.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas