A austríaca Vanessa Sahinovic, atleta do nado sincronizado que foi atingida por um ônibus em Baku, no Azerbaijão, onde acontecem os Jogos Europeus, está sendo mantida em coma induzido após realizar uma demora cirurgia, informou nesta sexta-feira o hospital em Viena onde ela está internada.

“Vanessa Sahinovic sofreu muitas fraturas e mais cirurgias serão necessárias”, disse Christoph Mierau, porta-voz do hospital, acrescentando que os ferimentos na atleta de 15 anos não provocam risco de morte.

Sahinovic e duas companheiras de equipe, Luna Pajer e Verena Breit, foram atingidas por um ônibus utilizado para transportar pessoas envolvidas no evento, enquanto caminhava na calçada da vila dos atletas em Baku na última quinta-feira. Pajer sofreu fraturas no cotovelo e Breit escapou apenas com contusões.

O vídeo publicado na internet mostra o ônibus fazendo uma curva fechada em alta velocidade, subindo na calçada e atingindo várias atletas. Uma delas é arrastada por vários metros.

“É difícil falar sobre o impacto a longo prazo. Você precisa de uma semana para poder precisar”, disse o porta-voz da equipe da Áustria, Wolfgang Eichler. “A coluna vertebral foi severamente danificada”.

Sahinovic e Pajer foram levadas para a Áustria horas após o incidente. Pajer deve ter alta hospitalar em breve. De acordo com o chefe do departamento médico do Comitê Olímpico austríaco, Alfred Engel, todas as três atletas receberam primeiros socorros “muito bons” em um hospital de Baku.

As autoridades do Azerbaijão e os organizadores dos Jogos Europeus explicaram que foi aberta uma investigação sobre o incidente. “Nós vamos ser mantidos atualizados para que sejam tomadas medidas”, disse o ministro do Esporte do Azerbaijão, Azad Rahimov.

Rahimov acrescentou que recebeu informações de que Sahinovic “moveu as pernas”. “Nós estávamos assustados, pensando que seria algo muito pior”, afirmou. O hospital de Viena, no entanto, não deu nenhuma indicação sobre a recuperação da atleta.