Buenos Aires – Nesta quarta-feira (31), o Athletico jogará contra o Boca Juniors, na Bombonera, e fará sua terceira partida na Argentina em 2019. E será a terceira vez que atleticanos se desdobram para chegar lá. Alguns, já estiveram em Buenos Aires meses atrás. Como a analista de sistemas Andrea Broto, que esteve na derrota do Furacão por 2×1 para o mesmo Boca. Agora, ela volta, mas acompanhada.

“Eu fui na fase de grupos com uns amigos, e minha mãe queria ir, mas não deu certo. Aí assim que caiu o Boca de novo no sorteio, eu resolvi ir e levar minha mãe junto. É o aniversário dela em agosto e eu estou, junto com a minha irmã, dando de presente de aniversário. Foi uma surpresa”, explicou ela, que estará ao lado da mãe Aliete Broto, e a irmã Danielle Broto.

+ Leia também: Atleticana estará na Bombonera como homenagem ao avô

Quem também estará de volta é o empresário Fernando Azevedo, que acompanhou o Furacão em todos os jogos da Libertadores este ano e também irá para o Japão, para ver o time decidir a Levain Cup, na semana que vem. Tanto que ele já sabe quais são os segredos para o Rubro-Negro voltar com a classificação.

“Temos que jogar igual aquele jogo. Sair na frente e continuar em cima, sem deixar a torcida deles fazer pressão. Tem que fazer de conta que não tem torcida contra e focar só no jogo”, apontou.

+ Mais na Tribuna: Léo Pereira vê Furacão mais calejado e pronto pra “calar a Bombonera”

Mas também tem aqueles que vão sentir pela primeira vez o gostinho de pisar na mística Bombonera. A servidora pública Michelle Cardoso Silva bem que tentou ir para a Argentina na fase de grupos, mas o sonho foi um pouco adiado e agora ela não pensou duas vezes quando teve uma segunda chance.

“Eu resolvi ir para a Buenos Aires assistir ao jogo assim que aconteceu o sorteio das oitavas. Como não consegui ir no da primeira fase, resolvi aproveitar a oportunidade em um jogo decisivo. Comprei a passagem primeiro e esperei sair a carga de ingressos”, contou a torcedora, que chegou na manhã desta quarta-feira (31) na capital argentina.

+ Viu essa? Athletico luta contra retrospectos frente ao Boca Juniors

Em comum entre todas estas histórias, a convicção de que desta vez o Athletico voltará para casa com outro resultado. Se nas outras vezes que visitou o país hermano acabou sofrendo duas derrotas, desta vez a confiança é de que o Furacão pode sim surpreender a todos.

“Estou mais confiante que antes. O resultado adverso vai fazer com que o time não entre disperso. Acho que isso pode ser uma vantagem para nós. Estou achando que vamos aprontar em La Bombonera”, apostou Andrea Broto.

“A expectativa está altíssima. Antes era diferente, mas após o primeiro resultado estou com uma confiança diferente. Logo após o jogo bateu uma leve tristeza, mas a convicção do Tiago Nunes na coletiva de imprensa mostrou que é possível fazermos história na Bombonera”, completou Michelle.

+ Atenção! Você está a um clique de ficar por dentro do que acontece em Curitiba e Região Metropolitana. Tudo sobre nossa regiãofutebolentretenimento horóscopo, além de blogs exclusivos e os Caçadores de Notícias, com histórias emocionantes e grandes reportagens. Vem com a gente!