enkontra.com
Fechar busca

Athletico

Athletico Paranaense

Athletico Paranaense

Polêmica

Tiago Nunes ataca arbitragem: “Muito fácil dar falta contra o Athletico”

Treinador tentou não falar sobre a arbitragem, mas questionou pênalti não dado em cima de Marcelo Cirino, que originou o empate do Flamengo

  • Por Redação / Tribuna do Paraná
Arbitragem de Anderson Daronco foi polêmica e gerou revolta nos atleticanos. Foto: Albari Rosa

A polêmica arbitragem de Anderson Daronco no empate em 1×1 com o Flamengo, na última quarta-feira (10), na Arena da Baixada, pela ida das quartas de final da Copa do Brasil, incomodou bastante o Athletico. Na entrevista logo após a partida, o técnico Tiago Nunes evitou falar de algumas situações, mas acredita que o gol sofrido por sua equipe foi reflexo do tumultuado apito.

“A equipe fez um papel bonito em campo, jogamos o que o Athletico joga, que constrói de trás, mas é muito ofensivo. Sabemos que a arbitragem toma um protagonismo maior quando é usado o VAR, mas não vou falar nada da arbitragem. Alguns lances que temos que estar mais atentos. A revisão do lance do pênalti demorou sete minutos, um pouco mais. Aí você fica parado esse tempom a bola sai e você tem um nível de concentração baixo e aí toma um gol de lateral. É do jogo, mas foi um lance fora do contexto”, analisou o treinador.

+ Leia também: Mesmo sem Arena lotada, torcida do Furacão fez barulho contra o Flamengo

O lance comentado por Nunes aconteceu aos 11 minutos do segundo tempo, quando Marcelo Cirino foi derrubado por Renê dentro da área na hora de concluir. A jogada foi analisada pelo VAR, até que Daronco apontou falta de Marco Ruben em cima de Rodrigo Caio no início da jogada. Assim que a falta foi batida, a bola saiu pela lateral e, após arremesso de Renê, Gabriel aproveitou a falha de Léo Pereira para empatar o confronto.

+ Mais na Tribuna: Clubes podem ser punidos por casos de homofobia

“O que fica em dúvida é o lance do pênalti em cima do Marcelo, porque a gente viu que não foi falta em cima do Rodrigo Caio. O Daronco é acostumado a apitar Libertadores e jamais daria essa falta na Libertadores, mas se tratando de um time gigante como o Flamengo, politicamente forte, é muito fácil dar uma falta contra o Athletico nestes moldes”, completou o comandante rubro-negro.

O duelo como um todo foi bastante trucando por conta do VAR, que anulou – de forma correta – três gols do Athletico, mas não foi acionado quando o goleiro Diego Alves, do Flamengo, pegou a bola com a mão fora da área, ainda no primeiro tempo, e deveria ser expulso.

+ Atenção! Você está a um clique de ficar por dentro do que acontece em Curitiba e Região Metropolitana. Tudo sobre nossa regiãofutebolentretenimento horóscopo, além de blogs exclusivos e os Caçadores de Notícias, com histórias emocionantes e grandes reportagens. Vem com a gente!

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

51 Comentários em "Tiago Nunes ataca arbitragem: “Muito fácil dar falta contra o Athletico”"


Mario Quisero
Mario Quisero
7 dias 23 horas atrás

na verdade nesses campeonatos quando se joga contra os chamados “grandes” que são grandes somente no dinheiro que arrecadam do tráfico, contrabando, caixa 2 e políticos corruptos, tem que jogar contra cbf, patrocinadores, torcida, juizes, bandeirinhas, var, etc., são sempre direcionados pros grandes

Moacyr Ferreira
Moacyr Ferreira
7 dias 23 horas atrás

Thiago Nunes tem toda razão, jogar contra a “grife” Flamengo é duro mesmo.
Ou alguem tem duvidas que se os lances fossem a favor do Flamengo nosso goleiro teria sido expulso e o penalty marcado?

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas