Há 42 anos, Ziquita virou santo no Athletico. O ex-atacante entrou para a galeria dos ídolos inesquecíveis do clube rubro-negro no dia 5 de novembro de 1978.

A façanha ocorreu no Campeonato Paranaense. O Furacão perdia o clássico para o Colorado por 4×0 em pleno Joaquim Américo. Com a goleada, torcedores rubro-negros já deixavam o estádio quando o centroavante grandalhão empatou o jogo marcando quatro gols em apenas 13 minutos.

+ Confira aquele 4×4 em fotos marcantes de Socó!

Athletico presta homenagem ao ídolo, que retribui com um vídeo de agradecimento

+ Confira a classificação completa do Brasileirão!

Aos 67 anos, Gilberto de Souza, o Ziquita, vive em Governador Valadares, Minas Gerais, onde mora com a esposa, Maria da Graça. Em 2018, Ziquita sofreu um AVC e o Athletico lançou uma campanha para arrecadar dinheiro para o tratamento.

+ Mais do Furacão:

+ Thiago Heleno abre o jogo sobre crise no Athletico
+ Falhas da defesa do Athletico ligam alerta de Paulo Autuori
+ Autuori não quer Athletico abalado com eliminação e foca no Brasileirão


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?