O Athletico renovou o contrato com o volante Christian, revelação do time no Campeonato Paranaense. O vínculo, que iria até o final de 2022, foi estendido até 31 de dezembro de 2024. Com o novo acordo, o jogador de 19 anos recebeu um aumento salarial e agora tem uma cláusula de rescisão elevada.

Para o mercado internacional, o valor da multa é de 60 milhões de euros. O valor é maior, por exemplo, que a de Bruno Guimarães, que tinha cláusula rescisória de 40 milhões de euros, mas acabou negociado com o Lyon por 20 milhões de euros. Já para clubes brasileiros, a multa ficou estipulada em R$ 34 milhões.

+ Acordo? Athletico tem reunião sobre dívida da Arena

O Athletico tem 70% dos direitos do atleta. Os outros 30% são do União Beltrão, onde o volante jogou até a categoria sub-17.

Christian é uma das principais promessas do Athletico. O técnico Dorival Júnior disse, em entrevista coletiva após a vitória sobre o Rio Branco, na qual o volante fez o gol da vitória, que o jovem deve despontar em breve na equipe principal. O meio-campista está inscrito na Libertadores e ficou no banco contra o Peñarol.

Nascido em Jundiaí, no interior de São Paulo, o atleta foi formado pelo União Beltrão. Ele chamou a atenção de olheiros do Athletico nas disputas da categoria de base, especialmente quando veio a Curitiba enfrentar Paraná e Coritiba.

No ano passado, passou um período emprestado ao Juventude, onde participou do acesso à Série B. Em 2020, começou a temporada no time de Aspirantes, mas logo foi chamado por Dorival para compor o elenco principal.