O Athletico embarcou no início da tarde desta terça-feira (30) rumo a Buenos Aires para um dos jogos mais importantes da sua história. Nesta quarta-feira (31), o Furacão busca reverter a vantagem do Boca Juniors, na Bombonera, e avançar para as quartas de final da Libertadores da América.

O embarque do Athletico foi tranquilo e não teve grande presença da torcida. Poucos foram dar aquele apoio a mais para o time antes da viagem para a Argentina. Alguns torcedores embarcaram com a delegação no voo fretado pelo clube.

Torcedores embarcam em voo fretado pelo clube. Foto: Luiz Ferraz.
Torcedores embarcam em voo fretado pelo clube. Foto: Luiz Ferraz.

+ Leia mais: Boca Juniors foi eliminado em casa apenas quatro vezes na Libertadores

Antes da viagem, o Athletico realizou o último treinamento no CT do Caju no período da manhã. O trabalho comandado pelo técnico Tiago Nunes não teve novidades e o treinador deve ter todo o grupo à disposição para o duelo decisivo contra o Boca Juniors.

Mesmo contando com todo o grupo, o treinador atleticano tem uma dúvida para a partida na Bombonera. A boa partida do meia Bruno Nazário diante do Cruzeiro, no último sábado, no Mineirão, colocou um ponto de interrogação em sua cabeça.

Bruno Nazário deve largar como titular novamente. Foto: Felipe Rosa.
Bruno Nazário deve largar como titular novamente. Foto: Felipe Rosa.

Assim, o time que iniciou a partida contra a Raposa pode ser o mesmo que vai começar o duelo desta quarta-feira na Argentina. O atacante Marcelo Cirino pode ficar no banco e Nikão, assim, voltaria para a sua função de origem pelo lado do campo.

Com relação ao jogo de ida, semana passada, na Arena da Baixada, quando o Boca Juniors venceu por 1×0, na Arena da Baixada, uma mudança é certa. O volante Wellington, depois de cumprir suspensão, volta ao time na vaga de Lucho González.

+ Confira também: Furacão se renova após a Copa América e melhora como visitante

Assim, o provável time do Athletico para a decisão na Bombonera deve ir a campo com Santos; Jonathan, Pedro Henrique, Léo Pereira e Márcio Azevedo; Wellington, Bruno Guimarães e Nikão; Marcelo Cirino (Bruno Nazário), Rony e Marco Ruben.

Com a vitória do Boca Juniors na partida de ida por 1×0, o Athletico, se vencer pelo mesmo placar, levará a decisão da vaga para as penalidades. Em caso de vitória por um gol de diferença, a partir de 2×1, o Furacão garante a vaga entre os oito melhores times da Libertadores da América.

+ Atenção! Você está a um clique de ficar por dentro do que acontece em Curitiba e Região Metropolitana. Tudo sobre nossa regiãofutebolentretenimento horóscopo, além de blogs exclusivos e os Caçadores de Notícias, com histórias emocionantes e grandes reportagens. Vem com a gente!