Como já esperado, o Athletico terá um time reserva em campo contra o Avaí, neste domingo, às 11h, na Arena da Baixada, em partida válida pela última rodada do primeiro turno do Brasileirão. Será a sétima vez que o técnico Tiago Nunes opta pela formação alternativa na competição nacional. Quando entrou em campo com os reservas, o Furacão venceu apenas o CSA, empatou com Chapecoense e Santos, e perdeu para Corinthians, Flamengo e Botafogo.

+ RELEMBRE PERSONAGENS HISTÓRICOS DO NOSSO FUTEBOL NO PODCAST DE LETRA

A expectativa é que o Rubro-Negro tenha praticamente a mesma formação que empatou com o Peixe no último fim de semana. A exceção é o lateral-esquerdo Adriano, que não treinou. O Furacão deve ir a campo com Léo; Madson, Pedro Henrique, Lucas Halter e Abner Vinícius; Matheus Rossetto, Lucho González e Everton Felipe; Braian Romero, Vitinho e Thonny Anderson. Nono colocado, com 26 pontos, o Athletico pode subir apenas uma colocação nesta rodada. Para isso, pode até empatar e torcer por um tropeço do Atlético-MG, que recebe o Internacional, no Independência.

+ CONFIRA A TABELA E A CLASSIFICAÇÃO DO BRASILEIRÃO!

Com o foco total na grande final da Copa do Brasil, contra o Internacional, na quarta-feira, às 21h30, no Beira-Rio, o Furacão não deve contar com nenhum titular nem no banco de reservas. A delegação rubro-negra deve viajar para Porto Alegre na manhã de terça-feira.