Passada a euforia da conquista da Copa Sul-Americana, o Athletico se mostra ativo no mercado pra reforçar o elenco em 2019. Ao mesmo tempo que já viu alguns jogadores irem embora, casos dos meias Raphael Veiga e Guilherme, dos atacantes Pablo e Marcinho e do goleiro Felipe Alves, o Furacão vai segurando peças que não foram titulares na temporada, mas que foram importantes no elenco.

+ Leia também: Adversário do Furacão na Libertadores apresenta técnico em sorveteria

O primeiro foi o lateral-esquerdo Márcio Azevedo. De volta ao clube, o jogador chegou na metade de 2018 com vínculo até o final de 2019. Porém, diante de uma possível saída do titular Renan Lodi, o Rubro-Negro prorrogou o vínculo com o experiente atleta de 32 anos por mais uma temporada, agora com validade até dezembro de 2020. Contratado após ter seu contrato com o Shakthar Donetsk, da Ucrânia, encerrado, Márcio Azevedo retornou ao Athletico e jogou apenas 11 vezes.

Márcio Azevedo tinha contrato com o Athletico até o final de 2019, mas renovou por mais um ano, Foto: Albari Rosa
Márcio Azevedo tinha contrato com o Athletico até o final de 2019, mas renovou por mais um ano, Foto: Albari Rosa

+ Mais na Tribuna: Herói do Athletico vira rei no Avaí

Outro que deve seguir no Furacão é o volante Camacho. Titular na era Fernando Diniz, o jogador perdeu espaço com o técnico Tiago Nunes. Mesmo assim, o clube pediu a renovação do empréstimo junto ao Corinthians, o que deve acabar acontecendo. Ao longo do ano, foram 28 partidas com a camisa atleticana e um gol marcado.

+ Vai e vem: Confira TODAS as notícias sobre o mercado da bola!

Desta forma, a tendência é que o Rubro-Negro segure a maior parte do elenco que foi campeão da Copa Sul-Americana, com jogadores saindo apenas se forem vendidos pelo valor exigido pelo clube.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!