enkontra.com
Fechar busca

Athletico

Athletico Paranaense

Athletico Paranaense

Deu boa!

Athletico perde pro Jorge Wilstermann, mas se classifica na Libertadores

Furacão até fez uma boa partida, mas vacilou no setor defensivo e tomou dois gols de pênalti

  • Por Luiz Ferraz

Garantido! Mesmo com a derrota para o Jorge Wilstermann, por 3×2, na noite desta quarta-feira, no estádio Félix Capriles, em Cochabamba, na Bolívia, o Athletico se classificou para as oitavas de final da Libertadores. O motivo foi o empate entre Tolima e Boca Juniors, em 2×2, na Colômbia. Agora, o Furacão vai para La Bombonera, em Buenos Aires, dia 9 de maio, brigando pela liderança do Grupo G.

A situação dos times na classificação deixou o jogo aberto no primeiro tempo. O Athletico, apesar de ter contra si a altitude de quase 2.600 metros acima do nível do mar, ensaiou uma pressão no começo da partida. Marco Ruben e Léo Cittadini, em duas bolas levantadas para a área, perderam grandes oportunidades de abrir o placar.

O Athletico, na verdade, veio com a proposta clara de ficar com a bola. No entanto, a marcação sob pressão do Jorge Wilstermann impedia que o Furacão ficasse com a bola. O time rubro-negro, então, passou a sofrer com as saídas rápidas de “Los aviadores”, especialmente pelos lados do campo. Jonathan tinha dificuldade na marcação e comprometia o sistema defensivo rubro-negro.

+ Veja como foi o jogo entre Jorge Wilstermann e Athletico!

Assim, aos poucos, o Jorge Wilstermann conseguiu equilibrar a partida. Mais presente no ataque, o time boliviano passou a rondar a área do goleiro Santos. Jorge Ortiz e Ricardo Pedriel chegaram perto de marcar. O gol de “Los aviadores” veio aos 22 minutos. Depois da cobrança de escanteio, a defesa atleticana afastou mal e Ricardo Pedriel encheu o pé para vencer o goleiro Santos e abrir o placar.

Era tudo, na verdade, o que o Jorge Wilstermann queria, já que o Athletico, visivelmente mais cansado, já não tinha tanta perna para buscar o empate. O Furacão, então, se livrou de tomar mais gols no primeiro tempo. Jorge Ortiz e Alvarez criaram boas chances, mas faltava, na verdade, qualidade ao time boliviano.

Quando o Jorge Wilstermann era melhor e tinha o contra-ataque armado para, quem sabe, fazer o segundo gol ainda no primeiro tempo, o Athletico conseguiu o empate. Com uma dose extra de sorte, o lateral Renan Lodi, aos 39 minutos, avançou, chutou forte e contou com o desvio em Ballivian para igualar o marcador ainda antes do intervalo.

Foto: Albari Rosa.

Foto: Albari Rosa.

O Jorge Wilstermann não se abateu com o gol atleticano sofrido já na reta final do primeiro tempo. O time da casa foi com tudo para o ataque. O brasileiro Serginho seguiu deitando e rolando em cima de Jonathan e foi por ali que saiu o segundo dos bolivianos. Depois do cruzamento de Ballivian, Serginho apareceu livre, cabeceou e a bola bateu no braço de Jonathan. Na cobrança, Jorge Ortiz bateu bem e recolocou “Los aviadores” em vantagem.

O Jorge Wilstermann não teve nem tempo de comemorar. O Athletico empatou na mesma moeda. Em boa troca de passes, Renan Lodi recebeu livre e foi derrubado por Reys dentro da área. Na cobrança da penalidade, Marco Ruben deslocou o goleiro e igualou novamente o placar. O gol animou o Furacão, que logo depois, quase chegou à virada, mas Marco Ruben não aproveitou o passe de Renan Lodi.

O jogo seguiu aberto e com boas alternativas para os dois times. Mais inteiro por já estar acostumado com a altitude, o Jorge Wilstermann seguia criando as melhores chances. O time boliviano, na verdade, tinha muitos espaços, mas faltava qualidade para concluir as jogadas com sucesso. Serginho seguiu sendo perigoso e, aos 15, quase marcou depois do passe de Cristhian Chavez.

O terceiro gol de “Los aviadores” quase veio aos 23 minutos. A falta de adaptação à altitude fez o goleiro Santos e o zagueiro Léo Pereira errarem o tempo de bola e, depois da cabeçada de Pedriel, a bola parou no travessão. O Athletico, com Marcelo Cirino na vaga de Rony, ganhou novo fôlego ofensivo, especialmente para os espaços cedidos pelos donos da casa.

Foto: Albari Rosa.

Foto: Albari Rosa.

Mesmo aparentemente satisfeito com o empate, o Athletico seguiu correndo risco. Nem mesmo a entrada de Tomás Andrade na vaga de Léo Cittadini fez o Furacão melhorar na partida O Jorge Wilstermann chegou perto de marcar aos 35 minutos. Ballivian fez a jogada pela direita, cruzou e Pedriel, livre, cabeceou, mas errou o alvo.

O jogo seguiu aberto. O Jorge Wilstermann foi com tudo para o ataque, já que o empate significava a sua eliminação da Libertadores. Restou ao Athletico, então, se resguardar um pouco mais na defesa e explorar os contra-ataques. O time boliviano, então, conseguiu a virada já nos minutos finais. Aos 42, na tentativa de Pedriel, a bola bateu no braço de Paulo André dentro da área. No terceiro pênalti da partida, Carlos Melgar cobrou com categoria, marcou o terceiro e definiu a vitória de “Los aviadores”.

LIBERTADORES DA AMÉRICA
Grupo G – 5ª Rodada

Jorge Wilstermann 3×2 Athletico

Local: Estádio Félix Capriles (Cochabamba – Bolívia)
Árbitro: Mario Diaz de Vivar (PAR)
Assistentes: Eduardo Cardozo (PAR) e Dario Gaona (PAR)
Gols: Ricardo Pedriel, 22, Renan Lodi, 39 do 1º, Jorge Ortiz, 5, Marco Ruben, 11, Carlos Melgar, 42 do 2º
Cartões amarelos: Camacho, Paulo André (CAP)

Jorge Wilstermann
Arnaldo Gimenez; Ramiro Ballivian, Ronny Montero, Sebastian Reyes e Juan Pablo; Jorge Ortiz, Fernando Saucedo, Serginho e Cristhian Chavez (Carlos Melgar); Gilbert Alvarez (Bruno Miranda) e Ricardo Pedriel (Melean).
Técnico: Norberto Kekéz

Athletico
Santos; Jonathan, Paulo André, Léo Pereira e Renan Lodi; Camacho (Braian Romero), Bruno Guimarães e Léo Cittadini (Tomás Andrade); Nikão, Rony (Marcelo Cirino) e Marco Ruben.
Técnico: Tiago Nunes

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

110 Comentários em "Athletico perde pro Jorge Wilstermann, mas se classifica na Libertadores"


cleverson ramos
cleverson ramos
28 dias 14 horas atrás

a va fala sério Campeão da Segundona da Libertadores quantas divisões tem a LIBERTADORES é BRASILEIRÃO AGORA KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK entende muito de futebol Parabéns.

cleverson ramos
cleverson ramos
28 dias 17 horas atrás

o Gaúcho e o Paranaense! os dois se encontram na farra e o Paranaense diz bela bota Gaúcho é feito do que e ele responde! coro de boi tchê. o Gaúcho pergunta e a sua bagual: o Paranaense responde! coro de pic@ e o gaúcho entusiasmado diz. então enche meu c… de bicuda. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.

Flavio Steiner
Flavio Steiner
28 dias 15 horas atrás

…que piada engraçada. Aí o gaúcho diz pro paranaense: eu torço pro Grêmio, cinco vezes campeão da CB, tres da Libertadores, duas da Recopa, uma do Mundial, duas do Brasileiro. E tú, tchê paranaense, pra que time tú torce? O paranaense diz: pro campeão da segundona da Libertadores…kkkkkkkkkkkkkkk

Coxa Terra Plana
Coxa Terra Plana
28 dias 9 horas atrás

Nao esquecam do campeao de rebaixamentos em 2017…. 5 vezes…. Muita coragem de fazer piadas

MAIOR DO ESTADO
MAIOR DO ESTADO
28 dias 10 horas atrás

depende se for paquita vai dizer meia duzia de rurais dos anos 60 kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

cleverson ramos
cleverson ramos
28 dias 17 horas atrás

Mais o que elas mais gostam é de cair de boca na cuia kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.

cleverson ramos
cleverson ramos
28 dias 17 horas atrás

o grêmio gosta de bater mesmo uma bronh@ pra nós seus g@ys kkkkkkkkkkkkk

Flavio Steiner
Flavio Steiner
28 dias 17 horas atrás

Eu acho ótimo que o time da Honda tenha se classificado. O Grêmio gosta muito de bater nesse timinho…hehehe tomara que aguentem

CAP NA LIBERTADORES
CAP NA LIBERTADORES
27 dias 17 horas atrás

Não sabia que era gremista… Pensei que vc torcia pro penta rebaixado…

1 2 3 11
wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas