O Athletico sofreu mais uma derrota no Campeonato Brasileiro. Na tarde deste domingo (06), o Furacão foi superado pelo Vasco, em São Januário, por 1 a 0, e chegou ao seu sexto jogo seguido sem vencer na competição. Cano marcou o gol do time vascaíno.

Tabela do Brasileirão 2020: veja a classificação e todos os jogos

O resultado mantém o tabu de o time rubro-negro nunca ter vencido em São Januário e coloca a equipe na décima quarta colocação, com sete pontos, próximo da zona de rebaixamento. O próximo compromisso é contra o Botafogo, na quarta-feira (9), às 19h30, na Arena da Baixada.

+Jogadores de Athletico e Vasco protestam com braços cruzados no início do jogo

Athletico sofre o gol cedo e Pedrinho perde chance no fim

O Vasco precisou de apenas seis minutos para sair na frente. Em contra-ataque veloz, Benítez carregou pela direita, tabelou e achou o artilheiro da equipe, Germán Cano, na pequena área, livre, para marcar. O Athletico respondeu aos 12, com Geuvânio, mas Fernando Miguel evitou o gol de empate.

Enquanto o Furacão buscava ocupar o campo de ataque e ter a posse de bola, o time vascaíno apostava nos contra-ataques para matar o jogo, na velocidade de Talles Magno. Aos 20, Cittadini, sozinho, na entrada da área, teve a chance de deixar tudo igual, mas o chute não saiu do jeito que ele desejava. Bissoli aos 46, teve outra oportunidade, mas desperdiçou.

Brasileirão 2020: Vasco x Athletico – as informações do jogo no tempo real

Atrás no placar, o time rubro-negro tratou de ir para cima no segundo tempo, pressionar o Cruz de Malta, que se manteve recuado na espera de um espaço para sair em velocidade.

Aos 18, o Athletico teve uma das suas melhores chances. Após cobrança de falta, a bola sobrou para Erick, na entrada da área, que finalizou forte e exigiu uma grande defesa de Fernando Miguel.

O jogo teve alguns apagões, pelo menos três, mas, sempre, com o retorno da luz, sem atrapalhar o confronto.

O Vasco, que ainda teve um gol anulado pelo VAR, se manteve firme na defesa. No final, o atacante Pedrinho recebeu o lançamento pelo alto e perdeu uma boa chance de empatar ao chutar por cima do gol.

Ficha técnica

Brasileirão
8ª rodada
Vasco 1 x 0 Athletico

Vasco: Fernando Miguel; Pikachu, Marcelo Alves, Miranda e Neto Borges; Andrey, Fellipe Bastos (Bruno César) e Benítez (Bruno Gomes); Talles Magno (Carlinhos), Cano (Ribamar) e Ygor (Cayo Tenório)
Técnico: Ramon Menezes.

Athletico: Santos; Erick, Lucas Halter, Pedro Henrique e Márcio Azevedo (Abner); Richard (Jaime Alvarado) Christian e Léo Cittadini; Geuvânio, Guilherme Bissoli (Pedro Leite) e Fabinho (Pedrinho)
Técnico: Eduardo Barros.

Gols: Cano, 6/1º (Vasco)
Cartões amarelos: Neto Borges (Vasco) e Geuvânio (Athletico)
Local: São Januário (Rio de Janeiro)
Horário: 18h
Árbitro: Raphael Claus (FIFA-SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (FIFA-SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP)


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?