O Athletico se mostrou guerreiro contra o Palmeiras, líder do Brasileirão. Mesmo sem contar com alguns titulares, como Marco Ruben, Lucho González e Renan Lodi, o time fez uma boa apresentação em São Paulo, no Alllianz Parque. Mas numa falha de marcação, acabou entregando a vitória ao adversário neste sábado (8).

+ Leia mais: Furacão perde pro Palmeiras no Allianz Parque

Para o atacante Rony, jogar na capital paulista contra a equipe que está no topo da tabela, exigia muita atenção do Furacão. “Tínhamos consciência de que ser um jogo difícil. Mas na nossa falha, saiu o pênalti”, lamentou. Aos 35 minutos da etapa final, Márcio Azevedo perdeu a corrida e fez pênalti em Dudu, convertido por Raphael veiga.

O revés mantém o jejum do time principal do Furacão em jogos realizados fora de casa. Nesta temporada,  já são nove partidas disputadas longe da Arena, sem sequer uma vitória, dois empates e sete derrotas.

+ Confira a classificação do Brasileirão

Apesar de mais um resultado negativo no campo inimigo, Rony garante que o empenho do time foi máximo. “Não foi falta de concentração”, resumiu, em entrevista à RPC. Para o jogador, o negócio agora é olhar pra frente, já que o time tem mais um compromisso antes da parada da Copa América. “Agora é pensar no Goiás”, finalizou. O Furacão enfrenta a equipe goiana na próxima quinta-feira (13), às 20h, no Serra Dourada.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!