O Athletico, com alterações em relação ao time que vinha jogando, entrou sem conseguir encaixar o jogo. O adversário se aproveitava disso pra tomar a iniciativa e acabou saindo na frente. Aos 31, Guilherme Castilho abriu o placar em uma cobrança de falta e mal deu tempo de o Furacão se recompor e veio mais um. Aos 33, foi Giovani Felippi que ampliou a vantagem para o Mirassol, após cobrança de escanteio.

+ Confira a tabela de classificação da Copa SP de Futebol Júnior

Na segunda etapa, o Furacão não tinha outra opção senão partir pra cima. Por isso, o técnico Marcão sacou Wellington para dar passagem a Vinícius Mingoti. O time melhorou e passou a concentrar o jogo na área do Mirassol. Aos 15 minutos, Bruno Leite aproveitou levantamento de Vitinho e mandou pra dentro. O empate veio aos 28, na cobrança de pênalti de Vitinho.

Com o empate em 2×2, a decisão da vaga nas oitavas foi pros pênaltis. Nas cobranças, o Mirassol converteu quatro, mas como Vinicius Mingoti e Vitinho perderam, quem levou a melhor foi a equipe do interior de São Paulo.

O Furacão entrou em campo com Allan, Wellington Rocha, Lucas Halter, Gabriel Fornari, Jáderson, Christian, Brener, Khellven, Demethryus, Bruno Leite e Vitinho. Depois, Wellington saiu pra entrada de Vinicius Mingoti, Matheus Rampon entrou na vaga de Bruno Leite e Demethryus deu lugar a Paulo Bessa.

Confira como foi o jogo entre Athletico e Mirassol:

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!