enkontra.com
Fechar busca

Athletico

Athletico Paranaense

Athletico Paranaense

Não deu!

Athletico cede empate ao Flamengo na Arena da Baixada

Em jogo com três gols do Furacão anulados, Athletico desperdiça chance de abrir vantagem na decisão das quartas de final da Copa do Brasil

  • Por Luiz Ferraz

Ficou tudo para o Maracanã. Apesar da boa atuação, com direito a polêmicas, três gols anulados e de ter dominado quase todo o jogo, o Athletico empatou em 1×1 com o Flamengo, na noite desta quarta-feira (10), na Arena da Baixada e terá que vencer o time carioca na partida de volta, quarta-feira que vem, no Rio de Janeiro, se não quiser depender das penalidades para avançar para a semifinal da Copa do Brasil. Antes disso, o Furacão volta a jogar pelo Campeonato Brasileiro contra o Internacional, neste domingo (14), às 16h, novamente no Caldeirão.

Com uma formação mais ofensiva e com Nikão atuando mais recuado, na criação, o Athletico teve certa dificuldade para se encontrar no jogo. O Flamengo, na estreia do seu comandante Jorge Jesus, iniciou a partida marcando o Furacão sob pressão. A primeira chance, então, foi do time carioca, mas Vitinho, depois da jogada de Willian Arão, errou o alvo.

+ Veja como foi o jogo na Arena

Mas, aos poucos, o Athletico conseguiu equilibrar a partida. Foi, então, a vez do Furacão encaixar a marcação sob pressão no campo do adversário. O Furacão passou a criar chances seguidas de tirar o zero do placar. Aos 18 minutos, o zagueiro Léo Duarte recuou errado e Marcelo Cirino quase marcou. Um minuto mais tarde, o atacante Marco Ruben chegou a marcar, mas o impedimento foi anotado corretamente.

Com o Athletico todo no campo do Flamengo, o time carioca conseguia chegar ao ataque somente nos erros do Furacão. O primeiro gol da equipe atleticana parecia ser questão de tempo. E ele veio aos 34 minutos, novamente com Marco Ruben, mas o gol foi anulado. Desta vez o lateral-direito Jonathan estava impedido na origem da jogada.

O jogo esquentou nos minutos finais do primeiro tempo. O Flamengo só não marcou aos 42 porque o goleiro Santos fez boa defesa no chute de Willian Arão. Nikão respondeu à altura. O camisa 11 chutou da entrada da área e o goleiro Diego Alves fez grande defesa. Mas a grande chance do Athletico veio já nos acréscimos. Depois da cobrança de escanteio, a defesa flamenguista falhou e Lucas Halter, livre na pequena área, mandou por cima a última chance da etapa inicial.

Etapa final

A volta para o segundo tempo iniciou em ritmo intenso. O Flamengo teve a primeira chance com Gabigol, aos dois minutos, mas Santos fez grande defesa. A resposta do Furacão foi a altura, mas em bola na rede. Nikão cobrou escanteio, a defesa do time carioca falhou e Léo Pereira, livre no segundo pau, abriu o placar e fez a festa da torcida na Arena da Baixada.

O Athletico poderia ter ampliado o placar aos 12 minutos em um lance que causou muita polêmica. Marcelo Cirino recebeu livre e, na cara do gol, errou o alvo. O camisa 10 pediu a penalidade, o árbitro Anderson Daronco consultou o VAR e, depois de quase cinco minutos, o juiz anotou a falta para o Flamengo na origem do lance. O Furacão perdeu a concentração e, na sequência do lance, Gabigol recebeu na cara do gol, tocou por cima do goleiro Santos e empatou a partida aos 19 minutos.

O Athletico acusou o golpe. O time sentiu e se perdeu em campo. Aliado a isso, as entrada de Diego e Everton Ribeiro deixaram o Flamengo mais ofensivo. A virada, então, quase veio aos 21 minutos. Gabigol subiu livre e quase marcou. Na sequência, depois da cobrança de escanteio, Bruno Henrique apareceu entre os defensores, cabeceou no canto e o goleiro Santos fez grande defesa.

Aos poucos, o Athletico equilibrou novamente a partida e voltou a assustar o goleiro Diego Alves. Rony mudou de lado e, aos 27, fez boa jogada pela direita, cruzou, mas Marco Ruben não chegou. A melhor chance do segundo gol atleticano veio quatro minutos mais tarde. Bruno Nazário, que tinha acabado de entrar na vaga de Nikão, teve nos pés a oportunidade de marcar, mas o camisa 77, na marca do pênalti, bateu em cima da defesa flamenguista.

O jogo ficou aberto no final. O Athletico, apesar de não ter muita organização, foi com tudo para o ataque. Aos 38 minutos, Marcelo Cirino marcou o segundo gol, mas a arbitragem anulou pela terceira vez o lance de gol do Furacão. O time atleticano não se abalou e seguiu buscando a vitória para ter vantagem na partida de volta.

O Flamengo, por sua vez, deu um passo para trás para segurar o empate. O time carioca, obediente taticamente, fez bem seu papel e conseguiu minar as investidas do Athletico. Apesar da insistência do Furacão, prevaleceu a boa postura defensiva dos visitantes, que garantiram a igualdade na Arena da Baixada.
COPA DO BRASIL
Quartas de final – Ida

Athletico 1×1 Flamengo

Athletico
Santos; Jonathan, Léo Pereira, Lucas Halter (Robson Bambu) e Márcio Azevedo; Wellington, Bruno Guimarães e Nikão (Bruno Nazário); Rony, Marco Ruben e Marcelo Cirino (Vitinho).
Técnico: Tiago Nunes

Flamengo
Diego Alves; Rodinei, Léo Duarte, Rodrigo Caio e Renê; Willian Arão, Cuéllar (Everton Ribeiro), Vitinho (Diego) e Arrascaeta; Bruno Henrique (Piris da Motta) e Gabigol.
Técnico: Jorge Jesus

Local: Arena da Baixada
Árbitro: Anderson Daronco (Fifa-RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (RS) e Leirson Peng Martins (RS)
Gols: Léo Pereira, 4, Gabigol, 19 do 2º
Cartões amarelos: Léo Pereira (CAP); Rodinei (FLA)
Público total: 22.825
Renda: R$ 982.465,00

+ Atenção! Você está a um clique de ficar por dentro do que acontece em Curitiba e Região Metropolitana. Tudo sobre nossa regiãofutebolentretenimento horóscopo, além de blogs exclusivos e os Caçadores de Notícias, com histórias emocionantes e grandes reportagens. Vem com a gente!

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

65 Comentários em "Athletico cede empate ao Flamengo na Arena da Baixada"


Willi Teacher
Willi Teacher
8 dias 47 minutos atrás

Aos pateticanos chorões e ao Mafuz que só vê o patético, sim, houve a falta no Rodrigo Caio. E se você, patético, tem alguma dúvida, visualize o lance ao contrario e imagine o juiz validando o gol do framerda. Fácil, né?

Paraná Curitiba
Paraná Curitiba
8 dias 33 minutos atrás

Só você, torcedor da segunda divisão, viu a falta junto com a torcida do Flamengo e Daronco. De qualquer maneira, obrigado pela audiência. Torcedores paquitas derrotados como você nos ajudam a ganhar mais dinheiro da Rede Globo. Abraço !

Flavio Steiner
Flavio Steiner
8 dias 1 hora atrás

Vamos ser justos. Foi um dos melhores jogos do ano.

cleverson ramos
cleverson ramos
7 dias 23 horas atrás

errado stainer foi o jogo contra o boca esse foi meia boca.

Paraná Curitiba
Paraná Curitiba
8 dias 1 hora atrás

Assim você ajuda o único time do Paraná a ganhar bastante dinheiro da Globo ! Obrigado novamente paquita !

Paraná Curitiba
Paraná Curitiba
8 dias 1 hora atrás

Obrigado pela audiência paquitinha.

Flavio Steiner
Flavio Steiner
7 dias 23 horas atrás

Deixa de ser boba, boneca. Vê se eu torço pra times pequenos. Futebol paranaense não existe. O que existe, e muito de vez em quando, é uma certa resistência a um time grande. Só isso

Gadiego Lopez
Gadiego Lopez
7 dias 2 horas atrás

O time que você torce levou um show do Bahia e vai ser eliminado.

Paraná Curitiba
Paraná Curitiba
7 dias 23 horas atrás

Se a biba não fala qual é o seu time aqui, é porque não está em condições de mencionar…. hahahahaha. Típico de bibas que tem times que não estão nos noticiários. Torce pra alguém que não está nem na Copa do Brasil nem Libertadores.

MAPB MAPB
MAPB MAPB
8 dias 2 horas atrás

Para time pequeno é muito difícil, mesmo com o VAR.

Paraná Curitiba
Paraná Curitiba
8 dias 23 minutos atrás

É verdade…. mesmo com VAR e juiz, o Flamengo não conseguiu mais que um empate na Arena.

Gadiego Lopez
Gadiego Lopez
8 dias 3 horas atrás

Foi o melhor jogo no território nacional em 2019.

Fura Zoio
Fura Zoio
8 dias 3 horas atrás

Título da matéria esta errado, deveria ser: Daronco cede empate para o flamengo!

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas