Trabalhando em silêncio, o Athletico deve anunciar oficialmente nos próximos dias o seu novo patrocinador para a temporada 2019. Sem uma marca no peito da camisa desde o final de 2018, quando a Caixa Econômica Federal parou de investir no futebol, o Furacão estava sem o patrocinador master, que agora será o Banco Renner. A informação é do colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo.

+ Leia também: Boca e Tolima se enfrentam valendo liderança no grupo do Furacão

A empresa já havia fechado um acordo com o Cruzeiro há duas semanas e o molde do acordo será o mesmo com o Rubro-Negro, com o produto digital Digi+ sendo estampado na camisa.

+ Mais na Tribuna: Briga entre Fanáticos e diretoria do Athletico ganha mais um capítulo

Além disso, o Athletico receberá um valor fixo pelo patrocínio – os valores não foram revelados -, mas pode ganhar ainda mais dependendo da ação dos torcedores com a empresa. Em outras palavras, o clube ficará com uma parte sobre contas abertas ou serviços da empresa feitos por atleticanos. Medida já usada em outros times com outros patrocinadores também, caso do Corinthians com a BMG, por exemplo.

Sobre o Banco Renner:

O Banco Renner foi criado em 1981 e trabalha atualmente 100% de maneira digital, tendo sua matriz em Porto Alegre. Um dos controladores do banco é o bispo Edir Macedo.

De acordo com o site oficial, o banco tem mais de 100 mil clientes e oferece financiamento de veículos, consórcio e seguros, entre outros serviços.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!