Arouca disse nesta segunda-feira que, no momento, não pensa em se transferir para o futebol europeu. Ele confirmou que há 15 dias, o Santos recusou uma proposta da Fiorentina, da Itália, para vender os seus direitos econômicos.

“O clube não aceitou a oferta e eu já avisei que quero disputar o Mundial de Clubes”, explicou o jogador. De acordo com a imprensa italiana, a proposta da Fiorentina foi de seis milhões de euros (mais de R$ 13 milhões).

Antes do segundo jogo da final do Campeonato Paulista, Arouca sonhou que tinha feito um gol contra o Corinthians e na decisão foi ele quem abriu o caminho para a conquista do bi, marcando o seu primeiro gol com a camisa santista. Agora, ele pensa em repetir a dose. “Ainda não sonhei, mas quero fazer outro no jogo de quarta-feira”, disse ele, sobre o reencontro entre os dois, no Pacaembu, em duelo adiado da quinta rodada do Brasileirão.

Arouca elogiou Borges, que, com o gol de domingo já soma oito em 10 jogos, mas aproveitou para brincar com o artilheiro. “Na comemoração, ele não achou o botão da máquina de fotografar. Falei para ele que teria sido melhor comemorar com dança. Pelo menos não passaria vergonha”, concluiu o volante.