Barcelona – Os argentinos Hernán Crespo e Maxi Lopez foram decisivos, respectivamente, para a vitória de Milan e Barcelona, ontem, na partida de ida das oitavas-final da Copa dos Campeões. O time italiano derrotou o Manchester United, no Estádio Old Trafford, por 1 a 0, enquanto a equipe espanhola superou o inglês Chelsea, por 2 a 1, de virada, no Camp Nou.

O primeiro tempo em Manchester foi disputado. O Milan acertou o travessão inglês em uma bonita cobrança de falta de Seedorf. Scholes rebateu com um forte chute, que passou perto do gol de Dida. Mas a melhor chance foi de Fortune, após contra-ataque rapidíssimo. O atacante tocou por cima de Dida, mas errou o alvo.

O segundo tempo foi todo do Milan, que com uma forte marcação na saída de bola inglesa e ótimo toque de bola, poderia ter levado para Milão uma maior vantagem. Kaká, Rui Costa e Seedorf fizeram boas jogadas e Crespo não perdoou a falha do goleiro Roy Carroll, aos 33 minutos, para definir a vitória.

Em Barcelona, diante de 96.560 torcedores, a forte defesa do Chelsea dominou Ronaldinho Gaúcho, Deco & cia. no primeiro tempo. E teve a ajuda de Belletti, que marcou contra aos 33 minutos. Mas a expulsão de Didier Drogba, aos 11 da etapa final, desestabilizou o time inglês. Deco ficou livre para armar e a entrada de Maxi Lopez, aos 19, incendiou os espanhóis. O argentino empatou aos 22 e Samuel Eto?o desviou um chute de Lopez, aos 28, para definir a virada.

Na Alemanha, o Lyon bateu o Werder Bremen, por 3 a 0. Já a favorita Inter de Milão só empatou com o Porto, em Portugal, em 1 a 1. Os times voltam a se enfrentar daqui a duas semanas.