Três dias depois de o Vasco conquistar o inédito título da Copa do Brasil, a Arábia Saudita anunciou neste sábado a contratação do técnico Ricardo Gomes. O clube carioca negou, porém, por meio de sua assessoria, que o treinador deixará São Januário.

De acordo com informação da Associated Press (AP), o treinador já teria assinado um contrato de 9 milhões de euros (cerca de US$ 13 milhões) para comandar a seleção árabe nos próximos três anos, sendo que Abdul-Mohsen Al-Duhaimi, secretário da Federação de Futebol da Arábia Saudita, afirmou que o brasileiro é esperado na próxima semana em Riad, capital do país.

A Arábia Saudita está sem um técnico desde janeiro, quando o português Jose Peseiro foi demitido logo após estrear na Copa da Ásia com uma derrota por 2 a 1 para a Síria, no Catar. Nassir Al-Johar dirigiu o país na continuidade da competição, mas depois deixou o comando após o final do torneio.

Procurado pela diretoria do Vasco após a publicação da notícia que pegou o clube de surpresa, Ricardo Gomes admitiu que recebeu uma sondagem dos árabes, mas afirmou que no momento não há chance de ele deixar o comando do time carioca.